Bancários querem 5% de aumento real

Na campanha salarial deste ano os bancários vão reivindicar um aumento real de 5%, além da reposição das perdas com a inflação acumulada em 12 meses. Considerando a estimativa de inflação acumulada de 7,5% até agosto, o reajuste desejado pela categoria é de 12,8%.
O percentual foi definido no último domingo (31/7), na plenária final da 13ª Conferência Nacional dos Bancários, realizada na capital paulista.
A pauta de reivindicações, cuja data base é 1º de setembro, deverá ser entregue à Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) no dia 12 de agosto.
Nesta sexta-feira (5), bancários de todo o país estarão reunidos em assembléia para iniciar o debate sobre as mobilizações. Em Vitória da Conquista, a assembléia ocorrerá às 17h, na sede do Sindicato dos Bancários de Conquista e Região.

No Brasil, a categoria bancária é formada por 483 mil trabalhadores. Nas cidades vinculadas ao Sindicado de Conquista e Região, esse número é de 937 funcionários.
Além do reajuste salarial, os bancários reivindicam:
– Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três remunerações, mais R$4.500,00;
– Piso inicial definido com base no do salário mínimo do Dieese R$ 2.297,51(calculado em XXXX/2011);
– Vale Alimentação de R$545,00 (Salário Mínimo Nacional);
– Vale Refeição no valor de R$545,00 (Salário Mínimo Nacional);
– Cumprimento da jornada de 6 horas;
– Plano de Cargos e Salários;
– Mais segurança nas agências e departamentos;
– Ampliação das contratações;
– Combate às terceirizações e à rotatividade;
– Aprovação da convenção 158 da OIT, que trata da demissão imotivada;
– Fim da metas abusivas;
– Fim do assédio moral e da violência organizacional;
– Auxílio Educação para cursos de graduação e pós-graduação;
– Igualdade de oportunidades;
Para mais informações, entrar em contato com a Assessoria de Comunicação do Sindicato, no telefone (77) 3424-1620.