Polícia de Vitória da Conquista prende borracheiro: tráfico de cocaína

Diligências para apurar a participação de traficantes em assassinatos ocorridos no bairro Alegria, em Vitória da Conquista, levaram as equipes da Delegacia de Homicidios local a prender o borracheiro Gilberto de Oliveira Sampaio, o “Betão”, e José Orlando de Jesus, o “Nego Lando”, e a apreender um adolescente de 17 anos, flagrados com um quilo de cocaína pura.

Localizado no bairro Alegria, o imóvel onde funcionava a borracharia era utilizado pelo trio para o comércio de entorpecentes. Além da cocaína, já pronta para venda, os policiais encontraram também embalagens de drogas, dinheiro procedente do tráfico, anotações das vendas e insumos diversos para misturar à cocaína. Além de coordenar o comércio dos entorpecentes no local, Betão é suspeito de envolvimento em alguns homicídios investigados pela DH.

Interrogados e autuados em flagrante por tráfico de drogas, associação ao tráfico e corrupção de menores, Betão e Nego Lando foram conduzidos para o presídio da cidade, onde ficarão reclusos à disposição da Justiça. Já o adolescente foi encaminhado ao Ministério Público, para adoção de medida sócio-educativa.

Maconha – Com o objetivo de averiguar denúncias de venda de drogas em um imóvel na rua Juscelino Kubitschek, no bairro São Luiz, em Jequié, investigadores da delegacia territorial local acabaram prendendo, na tarde desta quinta-feira, os traficantes Tárcio Couto Silva, 23 anos, Vinícius Eduardo Souza Moraes, 20, e Robson Reis Michelli, 22, com quase dois quilos de maconha.

Além da droga, enviada para perícia, foram apreendidos três aparelhos celulares, R$ 862, resultado da venda do entorpecente, documentos, cartões, uma balança, dois vasos com mudas de maconha e uma motocicleta Honda, 150 Fan, de cor preta. Autuados por tráfico de droga, os três se encontram custodiados à disposição da Justiça.