Obras de infraestrutura viária mudam a cara da cidade

Contribuir para a integração física dos bairros e a fluidez do tráfego, e promover a valorização dos imóveis e a qualidade de vida da população. Estes são apenas alguns dos benefícios proporcionados pelas obras de infraestrutura viária que transformaram Vitória da Conquista num canteiro de obras que dão nova aparência à cidade.

Ao todo, nos últimos quatro anos, 402 vias receberam os serviços de pavimentação asfáltica e drenagem superficial. E nestes primeiros cem dias de governo, a Prefeitura Municipal, tem dado continuidade a essas intervenções, que beneficiarão mais 161 vias e representarão mais 54 km de ruas asfaltadas e um investimento superior a R$ 31 milhões.

Luis Alberto Sellmann, secretário municipal de Mobilidade Urbana

“A avaliação desses primeiros dias é bastante positiva. Começamos essa gestão dando continuidade a obras muito importantes”, ressaltou o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Luis Alberto Sellmann. Ele ainda reforçou a valorização da participação popular nessas obras: “Uma característica do Governo tem sido justamente a de eleger obras prioritárias junto à população e para ela”.

A todo vapor – E o Governo Municipal começou 2013 a todo vapor. No primeiro dia útil do ano, 2 de janeiro, a Prefeitura, por meio da Empresa Municipal de Urbanização (Emurc) deu início a pavimentação do Loteamento Morada Real, com o serviço de rebaixamento de rede. A localidade ao lado de outros cinco loteamentos (Vila América – bairro Boa Vista; Terras do Remanso – bairro Bateias; Cidade Maravilhosa, Senhorinha Cairo e Sobradinho – bairro Zabelê) foi contemplada no contrato de financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC II), firmado entre a Prefeitura e a Caixa Econômica Federal.

Ao todo foram três contratos que somam mais de R$ 27 milhões, incluída a contrapartida da Prefeitura e que beneficiarão mais de 39 mil pessoas. Vitória da Conquista foi a única cidade da região a conseguir esse financiamento. “A Prefeitura já tem pavimentado algumas ruas no Senhorinha. O trabalho inicial é o rebaixamento de rede, para abrir frente para a terraplanagem e o asfalto na sequência”, disse Luis. Para se ter ideia da celeridade da obra, num único fim de semana, o Governo Municipal asfaltou dez ruas no loteamento.

Obras no Esplanada do Parque

Outras três obras, que marcaram esses primeiros cem dias de governo, foram a pavimentação do Esplanada do Parque, do corredor de ônibus do Boa Vista e a construção da ponte do Bruno Bacelar. As duas últimas foram indicadas pela comunidade no Orçamento Participativo (OP) e representaram, respectivamente, um investimento de mais de R$ 1 milhão de recursos próprios do Município e R$ 90 mil.

Quanto a obra no Esplanada, que abrangerá 22 vias num investimento superior a R$ 1,9 milhões também provenientes de recursos próprios do Município, Luis Alberto comentou se tratar de uma intervenção bastante significativa em virtude, principalmente, da drenagem das águas pluviais. “Essa é uma obra que precisava ser feita porque envolve não só a pavimentação, mas a drenagem daquela região que quando chovia tinha sérios problemas de alagamento. Então, fizemos uma drenagem remanejando as águas para o canal da Avenida Luís Eduardo Magalhães”, explicou.

Avenida Jadiel Matos

Vias de acessos – Também no início de 2013, outra importante obra teve continuidade: a pavimentação da Avenida Jadiel Matos – principal via de acesso ao bairro Campinhos. A Prefeitura assumiu integralmente a obra, na qual serão investidos R$ 1,3 milhão, e que abrangerá os serviços de pavimentação, macrodrenagem, drenagem superficial (com sarjeta e meio fio). Assim que estiver concluída, a avenida estará duplicada e terá 6 metros de largura, com canteiro central, duas pontes e ciclovia.

“Pavimentamos também o acesso aos condomínios América Unida e Europa Unida, com recursos próprios, e duas ruas (G e A-1) no Loteamento Nova Cidade, estas incluída num lote de obras do PAC-1”, lembrou Luís. Além dessas intervenções, está em execução a rede de drenagem subterrânea da Rua Augusto Seixas, no bairro Conquistinha.

“Todas essas obras são importantes para a população, pois interferem positivamente no dia a dia, no cotidiano das pessoas. São obras que facilitam a mobilidade urbana”, concluiu o secretário.