Lançamento: Obra Poética de Camillo de Jesus Lima

A obra poética de Camillo de Jesus Lima será lançada pela Assembleia Legislativa da Bahia na próxima sexta-feira (11), às 19h, na Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista. São dois volumes de obras reeditadas deste poeta e escritor da região Sudoeste, um projeto resultante de convênio celebrado em 2011, durante a realização da Assembleia Itinerante, assinado pelos presidentes da ALBA, deputado Marcelo Nilo, e da Casa de Cultura de Vitória da Conquista, Carlos Jehovarh.

Os dois volumes de Obra Poética são uma realização da Editora da ALBA, que tem no comando o chefe da Assessoria de Comunicação, Paulo Bina, e o assessor para Assuntos de Cultura, Délio Pinheiro. No volume I, constam as obras: Poemas, Viola Quebrada, Novos Poemas e As trevas da Noite estão Passando. E no volume II vem com Cantiga da Tarde Nevoenta – poemas, Di-Versos, A Mão Nevada e Fria da Saudade e O Livro de Miriam. Neste primeiro momento, estão sendo reeditados poemas de Camillo, mas isto faz parte de um projeto maior para publicação de toda a sua obra, que tem poemas inéditos, romances e crônicas.

Camillo de Jesus Lima nasceu em  Caetité, Bahia, em 08 de setembro de 1912, filho de Francisco Fagundes de Lima e de Esther Fagundes da Silva. Da família herdou o hábito da leitura e a tendência literária, tornou-se um grande poeta da Região, que participou ativamente da roda literária, no século XX, principalmente entre as décadas de 40 a 50. Além de poesias, escreveu crônicas, contos e romances, com publicações em jornais e revistas da Bahia e de outros estados brasileiros. Também atuou como tradutor de Garcia Lorca, Charles Baudelaire, W.Whitman.