Curso de Capacitação para procuradores do Ensino Superior

Com o objetivo de preparar melhor as IES – Instituições de Ensino Superior para as demandas do MEC, a ABAMES – Associação Baiana de Mantenedoras do Ensino Superior realizará o Curso de Capacitação para Procuradores Institucionais, nos dias 27 e 28 de outubro, das 08 às 18h, no Auditório do Centro Empresarial Iguatemi. O evento é voltado para os profissionais das IES baianas para que consigam efetuar com rigor as práticas necessárias no ensino superior. Mais informações através dos telefones (71) 3342-2493 / 3342-2512 ou pelo Facebook www.facebook.com/ABAMESBA ou pelo e-mail abames@abames.org.br.

Segundo o presidente da Abames, Prof. Carlos Joel Pereira, o curso surgiu da necessidade de aprimoramento dos profissionais das instituições de ensino superior. “O procurador exerce uma função extremamente importante, é a pessoa que realiza contatos com o Ministério de Educação, representa a instituição e responde em relação às exigências que o MEC faz a respeito da normatização, das regras, dos controles e das exigências das portarias”, comenta. A capacitação da Abames visa exatamente preparar esses profissionais para exercerem essas funções.

O programa oferecerá capacitação profissional para os procuradores institucionais, com carga horária de 16h. Serão abordados mais de doze temas, entre eles, a gestão profissional; a legislação para avaliação da instituição; fluxo de processos; protocolo e tramitação de documentação etc. Entre os assuntos estão também o sistema e-MEC; comissões de avaliação; procedimentos da avaliação in loco e parte de acompanhamento e responsabilidades.

O procurador tem que estar atualizado com todos os controles e ordens de serviços, com tudo que é imposto pelo MEC. “A nossa expectativa é de que as IES mandem seus profissionais que desenvolvem ou que podem passar a exercer essas funções para ouvir o que há de mais novo do ponto de vista técnico, de apresentação e de acompanhamento. O objetivo é melhorar a atuação e contribuir para que as instituições possam exprimir para o MEC o trabalho que desenvolvem organicamente”, afirma Carlos Joel.

O curso será ministrado pela Carta Consulta, empresa especializada em capacitar os profissionais do ensino superior para desenvolver soluções para as necessidades das Instituições de Ensino Superior.