Qualifica Bahia entrega certificados em dez municípios

Trezentos e sessenta novos trabalhadores de dez municípios baianos receberam, esta semana, certificado do Programa Qualifica Bahia, executado pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). São jovens alunos, de 18 turmas, de 10 diferentes cursos ministrado nosTerritórios de Identidade do Médio Sudoeste, Vitória da Conquista e Sertão Produtivo, nos municípios de Arataca, Belo Campo, Caculé, Jacaraci, Itapetinga, Macarani, Caatiba, Itororó e Itambé.Os jovens foram capacitados para atuar nas áreas de Informática Básica, Manutenção de Microcomputadores, Culinária, Panificação, Pedreiro e Eletricista Predial. Comemorando a certificação na área de manutenção de microcomputadores, Mateus Prates, morador de Caculé, destacou a importância do curso para entrar no mercado de trabalho. “Precisamos crescer ainda muito mais em nossa profissão, porque a concorrência no mercado é muito grande, e eu vou sempre procurar me aperfeiçoar”.

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável Baiano (IDSB), com base no convênio firmado com a Setre, e o Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Funcep), foram responsáveis pela formação das turmas. De acordo com o secretário Álvaro Gomes, “todo mundo ganha com a certificação de jovens trabalhadores, que buscam a inserção no mercado para obter a sua própria renda – a sociedade, o município e o País. O trabalho é a porta de entrada para a dignidade humana”.

O prefeito de Caatiba, Júnior Mendes, elogiou a iniciativa da Setre, enfatizando que “é gratificante “ para os gestores “ter a oportunidade de participar de políticas públicas sérias com o compromisso com o trabalhador. Abraçamos mais esta edição do Qualifica Bahia, pois vemos claramente que o Governo do Estado está trabalhando com compromisso com a Bahia”.

O presidente do IDSB, Eduardo Moraes, valorizou a ação de qualificação, salientando que a nova etapa do Qualifica Bahia foi concluída com muito sucesso. “Nos depoimentos espontâneos que ouvimos dos concluintes, as palavras foram sempre positivas sobre as políticas públicas de estado, como as que a Bahia vem realizando por meio da Setre e seus inúmeros parceiros”.

Para a instrutora do curso de Culinária, Semírames Silveira, de Itororó, o nível dos alunos “foi excelente. Tivemos momentos inesquecíveis. Levei todos para dentro de minha cozinha e muitos deles se aperfeiçoaram para poder vender o que já fazem de forma mais criativa e bem feita”.

Fonte: Ascom/Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre)