Operação São João fiscaliza venda de fogueiras e de fogos

Secom PMVC // Meio Ambiente  18/06/2016

fogueira

Todos os anos, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente realiza a chamada Operação São João. A ideia é fiscalizar a venda da madeira utilizada para acender as tradicionais fogueiras juninas. Desde o dia 1º de junho, a Operação já está em andamento, com o objetivo de coibir o desmatamento e a retirada ilegal de madeiras não apropriadas para essa finalidade.

As ações de fiscalização são feitas em duas frentes: nos pontos de venda e na circulação de caminhões de transporte. Em ambos os casos, é verificada se trata-se de planta nativa. Nesse sentido, é válido lembrar que o eucalipto e a grevilha são as espécies mais indicadas para as fogueiras, pois são oriundas de florestas plantadas.

Ao longo de todo o ano, a Secretaria de Meio Ambiente também trabalha com iniciativas de conscientização ambiental. Como resultado, aponta-se que a última apreensão de madeira ilegal foi feita em 2010. De lá para cá, não foi constatado nenhum ponto de venda ou de transporte de madeira irregular na cidade.

Lembre-se! A comercialização de fogueiras com madeira ilegal é crime ambiental previsto na Lei Federal nº 9.605/98. Denuncie por meio do telefone (77) 3422-8146.

Foto: Brumado Agora

Fogos de Artificios

Em outra ação, a prefeitura realiza juntamente com outros órgãos, o trabalho de fiscalização do comércio de fogos de artifício na cidade.

A logística da fiscalização inclui também vistorias no local destinado aos comerciantes que vão trabalhar com a venda de fogos de artifício durante o São João. As barracas já estão em fase de montagem. Trata-se de um terreno amplo e aberto, localizado na avenida Olívia Flores (próximo ao Cemae).

Simultaneamente à fiscalização do cumprimento das regras pelos comerciantes, a operação envolve o combate ao comércio clandestino de fogos de artifício.