Divulgada lista de projetos selecionados para FECIBA

A Secretaria da Educação do Estado divulgou, nesta segunda-feira (21), a lista com os 160 projetos selecionados para a 6ª Feira de Empreendedorismo, Ciência e Inovação da Bahia 2016 (Feciba), apresentados por estudantes dos Ensinos Fundamental e Médio da rede estadual.A novidade desta edição é a apresentação das temáticas de inovação e tecnologia, graças à inserção de projetos de intervenção social, de baixo custo e que beneficiam a sociedade. A feira visa promover o protagonismo estudantil, dinamizando o ambiente escolar a partir do estudo das Ciências em sala de aula.

Outra novidade é que dez projetos selecionados para a Feciba – prevista para ser realizada no início do próximo ano letivo – irão receber bolsas de iniciação científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no âmbito do Programa Ciência na Escola, da Secretaria da Educação do Estadoa. Estes projetos serão apresentados nos dias 5 e 6 de dezembro, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), em Salvador, para as comunidades escolar e científica.

Relevância Social 

Estes projetos selecionados para a Feciba se destacam pelo alcance social. Trata-se, na maioria, de tecnologias sociais aliadas à inovação. Os projetos abordam questões como soluções para adubação na Agricultura Familiar, de plantas e equipamentos usadas no combate ao Aedes aegypy e de matriz energética. Também revelam instrumentos para corrigir a postura e ajudar a amplificar a voz dos professores e incluem ainda temas como gênero, sexualidade, preconceito e motivação juvenil.

Foto: Claudionor Junior/Ascom Educação
(Foto: Claudionor Junior/Ascom Educação)

A coordenadora do programa Ciência na Escola, Shirley Costa, ressalta que a inclusão do empreendedorismo e a inovação para o incentivo do desenvolvimento social e tecnológico de projetos em sala de aula motivaram uma mudança de comportamento dos estudantes, que passaram a ficar com mais interesse e envolvidos nessa fase de iniciação científica.

“Com isso, eles observam a comunidade em que vivem e se envolvem mais socialmente, com uma visão crítica do mundo. Então, eles não só apontam os problemas, como buscam as soluções para resolvê-los, através do conhecimento adquirido na escola que, nessa perspectiva, cumpre o seu papel de formar cidadãos críticos, conscientes, atuantes e transformadores da realidade da comunidade em que vive”, avalia a coordenadora.

A ideia é que os projetos da Feciba sejam patenteados. “Estamos buscando parcerias junto à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado [Secti], na perspectiva de acompanhamento dos projetos, dentro de um aporte educacional empreendedor”, acrescenta Shirley Costa. A lista de todos os projetos selecionados para a Feciba está disponível no Portal da Educação. Confira a lista de todos os projeto selecionados para a FECIBA clicando aqui.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação