Câmara discute segurança no trânsito nesta quinta

ASCOM CÂMARA

A Câmara Municipal de Vitória da Conquista aderiu ao Movimento Maio Amarelo e realizará, na quinta-feira, 11, às 14 h, uma audiência pública para discutir medidas de conscientização, responsabilidades e avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão no trânsito. A audiência foi solicitada pelos vereadores Fernando Jacaré (PT) e Luís Carlos Dudé (PTB).

O Movimento Maio Amarelo, que acontece em todo o país, tem como proposta chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), a violência no trânsito acarreta três mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas ou a nona maior causa de mortes no mundo. Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo, na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos. Atualmente, esses acidentes já representam um custo de US$ 518 bilhões por ano ou um percentual entre 1% e 3% do PIB (Produto Interno Bruto) de cada país.

Brasil aparece em quinto lugar entre os países recordistas em mortes no trânsito, precedido por Índia, China, EUA e Rússia e seguido por Irã, México, Indonésia, África do Sul e Egito. Juntas, essas dez nações são responsáveis por 62% das mortes por acidente no trânsito.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.