David Salomão relembra seus tempos de grevista e faz críticas à Greve Geral de 28 de abril

 

ASCOM CÂMARA

 

David Salomão (PTC)

Durante o seu pronunciamento na sessão ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), nesta quarta-feira, 3, o vereador David Salomão (PTC) disse estar observando a verdadeira hipocrisia nacional da greve geral convocada por alguns sindicatos, que sempre viveram do suor do povo brasileiro.

Segundo, o parlamentar, os sindicatos extrapolaram os limites da lei na realização da greve. “Fizeram uma greve nacional dizendo que 40 milhões de trabalhadores participaram dessa mobilização. Extrapolaram os limites da Constituição, abusando de seu direito”, acusou o parlamentar.

David Salomão apontou que já atuou realizando greves, mas ponderou que jamais cerceou o direito de ir e vir das pessoas que não estavam participando do movimento grevista. “Eu fui grevista, participei da maior greve desse país, mas em momento nenhum fechei rodovia”, disse o vereador.

O vereador, antes de concluir o seu pronunciamento, disse que a Central Única dos Trabalhadores (CUT) está preocupada porque a contribuição sindical deixará de ser compulsória.