Tratamento das Hepatites Virais atualizam protocolo no CAAV

 Enfermeiros das unidades de saúde se atualizam sobre hepatites virais

 

 

Profissionais das unidades de saúde de Vitória da Conquista participaram de nova formação oferecida pelo Centro de Atenção e Apoio à Vida (CAAV) com foco no fortalecimento  das ações da campanha municipal de Combate às Hepatites Virais.

“O objetivo da capacitação é o de promover dentro das unidades de saúde, sala de espera sobre prevenção, diagnóstico e tratamento das hepatites virais, divulgação da vacina contra hepatite A e B e realização de testes rápido e sorologia para hepatite B e C”, explicou a coordenadora do CAAV, Riviane Santana.

A capacitação, ministrada pela enfermeira do CAAV, Camila Dantas Vicente, serve para multiplicar o conhecimento. “Esses enfermeiros irão repassar essas informações. Nós temos um protocolo para tratamento da Hepatite C de 2015 e por ser muito novo, muitas vezes, os profissionais não conhecem ele por inteiro e estamos tendo na prática o uso dele no CAAV. Ficamos muito felizes em receber os pacientes, de dar este tratamento e conseguir alcançar um número muito bom de cura, onde eles ficam bem junto com a cura”, comentou Vicente.

Os pacientes tratados no CAAV têm 93% de cura com este novo protocolo, sendo que com o antigo chegava a 43%. Além disso, as reações adversas são bem menores. No antigo, o paciente sofria alterações gravíssimas. O Centro também disponibiliza tratamento para o tipo B, além de realizar gratuitamente o teste para diagnóstico da doença.

Para o enfermeiro da Unidade de Saúde da Família do Pedrinhas, Jean Maciel, um dos 56 participantes, esse encontro foi muito importante: “Este momento aqui é de atualização, de adquirirmos mais capacidade para atender as pessoas e estar conseguindo vencer as doenças e dar uma melhor qualidade de vida à população” .

Sobre a hepatite e o tratamento – Hepatites Virais são processos infecciosos (causados por vírus) e que podem comprometer, em diversos graus, a capacidade de funcionamento do fígado. São conhecidos, na atualidade, cinco tipos de hepatites virais, classificadas como tipos A, B, C, D e E. As mais frequentes em nossa população são as hepatites virais do tipo A e B, embora a hepatite do tipo C registre grande número de ocorrências, preocupando as autoridades médicas devido às suas consequências. Por ser uma doença muitas vezes silenciosa, milhões de pessoas só percebem que têm algum tipo de hepatite quando ela começa a se manifestar de forma mais grave, como uma cirrose ou câncer de fígado.

Arquivado em: Brasil, Entretenimento, Esportes, Mundo, Sem categoria, Sudoeste Tags: , ,
© 2017 Diário do Sudoeste da Bahia. Todos os direitos reservador. XHTML / CSS Valid.
Orgulhosamente desenhado por Theme Junkie.Tradução e Personalização - Pronano Estúdio