Aluno com deficiência visual é finalista do concurso “Lápis na Mão”

                         Renei Brito dos Santos, 19 anos: um dos finalistas do concurso

 

No dia 12 de junho, serão conhecidos os vencedores da 3ª edição do Projeto Lápis na Mão. O concurso de redação é promovido pela TV Sudoeste e conta com o apoio da Prefeitura de Vitória da Conquista.

 

Entre os finalistas, 12 são alunos de escolas públicas da Rede Municipal de Ensino.  Um deles é Renei Brito dos Santos, 19 anos, que estuda o 6º ano na Escola Municipal Lisete Pimentel Mármore. “Não esperava ser classificado, fiquei muito surpreso”, declarou o estudante, deficiente visual desde os 10 anos de idade.

 

Para escrever a narrativa, que trata sobre corrupção, Renei e os outros colegas contaram com atividades específicas na escola. Em uma delas, houve a discussão do tema apresentado pela TV Sudoeste: “Florestas e Livros: Lugares Encantados”. “Toda a escola participou desses momentos e acreditamos que os nossos alunos já são grandes vencedores, pois foram escolhidos entre alunos de mais de 50 escolas”, destacou a diretora da Lizete Pimentel Mármore, Magda Mendes. A gestora lembrou que, além de Renei, outros dois estudantes da instituição também foram selecionados.

 

Sobre o dia a dia e a execução das atividades solicitadas em sala de aula, Renei considera ter uma rotina tranquila. “Levo meus deveres de casa para a Acide, onde fico no turno oposto, e respondo cada um deles em braile”, disse sobre o apoio recebido na Associação Conquistense de Integração do Deficiente.

 

A coordenadora do Núcleo de Educação Inclusiva da Secretaria Municipal de Educação, Janaina Valéria Silva, parabenizou a escola pela iniciativa inclusiva. “O espaço escolar, hoje, é um espaço de todos e para todos. A inclusão de alunos com deficiência não consiste apenas em sua permanência física no espaço escolar, mas representa a ousadia de rever paradigmas e desenvolver o potencial desses alunos, respeitando suas diferenças e atendendo suas necessidades”.

 

Antes de escrever a segunda redação, com novo tema sugerido pelos organizadores do concurso, os finalistas participaram de um workshop na sede da TV Sudoeste, ministrado pela professora Márcia Helena de Melo, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Nele, os estudantes discutiram questões ligadas aos gêneros textuais e aspectos para uma boa redação.

 

Foto: Blog do Bahiano. Texto: Secom PMVC