Primeira mulher negra eleita reitora toma posse em universidade baiana

 

Joana Luz é formada em geologia e doutora em engenharia ambiental, com 12 anos de experiência em gestão na área de educação na Bahia.

 

A reitora da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), Joana Angélica Guimarães da Luz, acaba de ser empossada e é a primeira mulher negra eleita para assumir a reitoria de universidade federal do Brasil. A solenidade de posse, na sede do Ministério da Educação, em Brasília, marca uma gestão de quatro anos.

 

Geóloga por formação e doutora em engenharia ambiental, Joana Luz tem 12 anos de experiência em gestão na área de educação no estado da Bahia. Entre as ações das quais participou ativamente, está o fomento à educação a distância na universidade. “Isso facilita a inserção dos estudantes, que, muitas vezes, por terem uma vida tão difícil e por falta de condições, não têm perspectiva e não conseguem vislumbrar que a universidade está ali do lado”, argumentou.

 

O ministro da Educação, Rossieli Soares, destacou importância da nomeação para a educação brasileira. “A universidade tem uma referência muito grande em formação de professores, no processo de continuidade, de olhar para o desenvolvimento de uma região importante do Brasil, como o sul da Bahia. Assim, é um momento importante ter a nova reitora, olhando para frente, investindo dentro da universidade e olhando para o desenvolvimento da região”, destacou o ministro.