Como doar para o Fundo para Infância e Adolescência na declaração do IR

Até o dia 30 de abril, todo brasileiro com renda anual a partir de R$ 28.559,70 tem a obrigação de fazer a declaração do Imposto de Renda (IR). Antes de enviar a sua declaração, o contribuinte pessoa física poderá destinar até 3% do imposto devido ou restituir para o Fundo para Infância e Adolescência (FIA).

 

Para quem doa não muda nada em termos financeiros, a não ser a diminuição do Imposto de Renda a pagar ou o aumento no imposto a ser restituído, quando for o caso. Essa é a única forma de doação passível de dedução na declaração de Imposto de Renda (IR).

 

O recurso doado ao FMDCA beneficiará mais de 40 instituições governamentais e não governamentais cadastradas no Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (Comdica). O recurso é todo gerido pelo Comdica sem a intervenção do Governo Municipal.

 

Entidades não governamentais que podem ser beneficiadas com a sua doação: AABB Comunidade, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, Associação Conquistense de Integração do Deficiente – ACIDE, Creche Dinaelza Coqueiro – União de Mulheres, Creche Jardim das Oliveiras, Creche Jesus de Nazaré, Creche Jurema, Creche União e Força, Creche Criança Esperança, FAMEC, Instituto Social Bela Vista – ISBV, Instituto Social Padre Benedito Soares – ISPBS, Instituto Social Vivendo e Aprendendo – ISVA, Lar de Santa Catarina de Sena – Orfanato, Pastoral do Menor da Paróquia Nossa Senhora das Graças, Pastoral do Menor Nossa Senhora de Fátima – Projeto do Pequeno Ofício, União Espírita de Vitória da Conquista – Lar da Criança Mei-Mei.

 

Veja aqui o passo a passo para doação: