Espetáculo “Tombé” em Vitória da Conquista

Fonte: Marcatexto.
Foto: Alex Oliveira.

Espetáculo de ‘stand up dance comedy’, “Tombé” se apresenta em Vitória da Conquista

Circulação na Bahia celebra 15 anos da peça

Depois de passar por palcos de Salvador, Feira de Santana e Santo Amaro, o espetáculo de humor e dança “Tombé”, dirigido por Jorge Alencar, encerra turnê pela Bahia neste mês de maio. Em Vitória da Conquista, a apresentação será no Teatro Municipal Carlos Jeovah, no dia 14 (terça-feira), às 19h, com entrada franca. Com mais de 15 anos de atividade, a peça se assume como um ‘stand up dance comedy’, aproximando o público do mundo da criação artística, especialmente pessoas que nunca tiveram contato com as artes contemporâneas, com comicidade e senso crítico. A circulação também incluirá as cidades de Jacobina e Itacaré.

 

Com elenco formado por Eduardo Gomes, Fábio Osório Monteiro, Neto Machado, Rúbia Romani e o próprio diretor Jorge Alencar, “Tombé” é uma obra interessada em refletir sobre estratégias de convivência em grupo, sobre as semelhanças e diferenças entre a arte e outras áreas profissionais. Em uma companhia de dança ficcional, estão: o diretor/coreógrafo, o dançarino, a bailarina, o ator e o técnico – são figuras arquetípicas de diversos ambientes de trabalho com seus chefes e funcionários, com suas hierarquias e embates de poder.

Assim, a peça se constrói com diversos vocabulários corporais (do balé à capoeira), teorias cabeludas, textões de Facebook, citações de obras de autores variados. O espetáculo se renova constantemente para atualizar o jeito com que as pessoas se relacionam e produzem discursos nos variados campos profissionais, na internet, na universidade, na TV, entre outros espaços.

Esta circulação comemorativa na Bahia foi contemplada pelo Edital Setorial de Dança, tendo apoio financeiro do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Secretaria de Cultura da Bahia. Na programação em cada cidade, há também apresentações “delivery”, encenadas em ambientes alternativos ao teatro, levando a peça para o encontro de públicos em formação artística. Para completar, a “Oficina de Honestidade Artística” é ministrada gratuitamente para artistas dos diversos campos que desejem penetrar nas suas próprias fantasias e motivações criativas.

HISTÓRICO – Ao longo dos anos, “Tombé” realizou circulação em contextos como o Projeto Festival Panorama de Dança (RJ), Quarta que Dança (BA), Festival Internacional de Dança de Recife (PE), Projeto Humor na Dança do Sesc Belenzinho (SP), culminando com a sua participação no projeto Palco Giratório do Sesc, em 2013, pelo qual viajou por mais de 30 cidades. O espetáculo já foi também apresentado no importante teatro alemão Hebbel am Ufer, na cidade de Berlim. Em 2015, foi selecionado pelo edital de Ocupação dos Espaços da CAIXA Cultural. Em 2016, realizou turnê em quatro capitais do Norte do Brasil, contemplada com o Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna da Fundação Nacional de Artes (Funarte), além de ter recebido subvenção da Fundação Gregório de Mattos (Salvador/Bahia) para desenvolvimento de uma série de TV, intitulada “Tombo”, baseada na peça.

SINOPSE – Você já tentou entender o sentido das coisas? Você já teve que inventar alguma teoria? Você já teve longas DRs com colegas de trabalho? Você já teve um chefe? Você já participou de dinâmicas de grupo? Você já perdeu o controle? “Tombé” é um espetáculo para você. Uma espécie de ‘stand up dance comedy’, um sitcom coreográfico, uma sessão de terapia coletiva que faz jogos de espelho entre ficção e realidade, riso e desespero, artista e público. Numa companhia de dança ficcional (e hiperreal), a cena se constrói entre diversos vocabulários corporais, teorias cabeludas, textões de Facebook, citações de obras de autores variados. “Tombé” coreografa movimentos, discursos e absurdos da arte e da vida. E ri de si.

Tombé

Direção coreográfica: Jorge Alencar

Criação e performance:

Eduardo Gomes, Fábio Osório Monteiro, Jorge Alencar, Neto Machado e Rúbia Romani

Duração: 50 minutos

Classificação: Livre

VITÓRIA DA CONQUISTA

Apresentação pública de “Tombé”

Quando: 14 de maio (terça-feira), 19h

Onde: Teatro Municipal Carlos Jeovah (Praça da Bandeira – Centro)

Apresentação ‘Delivery’

Quando: 13 de maio (segunda-feira), 15h

Onde: Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães

Para alunos da instituição

Oficina de Honestidade Artística

Quando: 13 de maio (segunda-feira), 19h

Onde: Teatro Municipal Carlos Jeovah (Praça da Bandeira – Centro)

PROGRAMAÇÃO INTEIRAMENTE GRATUITA

Produção: Dimenti Produções Culturais

Apoio: Goethe-Institut Salvador-Bahia | Haus Kaffee | Guima Viagens | Villa Salute | Tribo do Porto de Trás | Prefeitura de Jacobina | Prefeitura de Vitória da Conquista

Apoio financeiro: Funceb/ FCBA/ Sefaz/ SecultBA/ Governo da Bahia