Coopere com a vida: ações em prol da doação de órgãos pelas cooperativas baianas

Quando o assunto é transplantes de órgãos, o Brasil é visto como referência mundial, já que possui o maior sistema público de transplantes do mundo, sendo que mais de 90% dos procedimentos são financiados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), de acordo com informações do Ministério da Saúde. O país é o segundo maior transplantador do mundo, ficando apenas atrás dos Estados Unidos.

Apesar dos números otimistas, e de uma maior publicidade em campanhas, ainda é necessário desmistificar alguns tabus sobre os processos dos transplantes e das doações, já que estes fatos podem afetar negativamente a compreensão dos familiares no momento da solicitação da autorização para que o familiar falecido seja declarado doador de órgãos. A consequência da desinformação é o crescimento do número de pessoas na fila por um órgão. Em 2019, segundo dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos, o número de pessoas na lista de espera chegou a 40 mil.

Em 2020, com a pandemia de Covid-19, os impactos do novo coronavírus no setor de transplantes de órgãos também foram sentidos por hospitais e equipes que trabalham diretamente nesta área. Um cenário que tem impactado no aumento da espera pelo transplante.

CORRENTE DA COOPERAÇÃO

Sabendo da relevância de tratar este tema, que desde 2017 a Oceb e o Sescoop/BA, juntamente com as cooperativas baianas,  levantam a bandeira da campanha “Coopere com a Vida: Seja doador de órgãos e avise a sua família”, fazendo referência ao “Setembro Verde”, a fim de sensibilizar a sociedade baiana em torno desta importante causa. Um dos objetivos da campanha é que mais pessoas possam conversar com suas famílias sobre o tema, a fim de que no momento oportuno os familiares possam dizer “sim” a este ato humanitário.

Diferente dos anos anteriores, por conta das medidas de segurança, em 2020 as mobilizações da campanha acontecerão em um novo formato. As redes sociais do Sistema Oceb e das cooperativas baianas serão o nosso espaço de mobilização. Usaremos o digital para sensibilizar as pessoas, que neste momento de pandemia têm estado cada vez mais presentes no ciberespaço. As cooperativas podem participar da campanha utilizando materiais como: vídeos, cards de divulgação, fotos de mobilizações anteriores, e até algumas ações presenciais (mas sem esquecer dos procedimentos de segurança, ok?). Clique aqui e veja algumas dicas de como participar da Mobilização Estadual neste ano.

A nossa tradicional Caminhada Cooperativista (que não acontecerá este ano por motivos de segurança) dará espaço para a CooperaLive, no dia 25 de setembro, às 18h, no canal do YouTube do Sistema Oceb. O evento contará com a presença de representantes das cooperativas baianas e dos órgãos dos responsáveis por transplantes de órgãos no estado da Bahia.

Já se declarou doador hoje?

Vem com a gente!