“Novembro Negro 2011” contempla dois projetos de Vitória da Conquista

A Secretaria de Promoção da Igualdade Racial – Sepromi, acaba de divulgar a relação dos projetos selecionados através do Edital Novembro Negro 2011. Ao todo, foram 23 propostas aprovadas nas seguintes categorias: evento (dez), formação em promoção da igualdade racial (cinco), registro e memória (quatro) e data de referência histórica (quatro), sendo 11 projetos de entidades estabelecidas em Salvador e 12 do interior.

A seleção foi marcada pela diversidade, tanto territorial, com nove territórios de identidade representados (Metropolitana de Salvador, Vitória da Conquista, Sisal, Recôncavo, Irecê, Agreste de Alagoinhas, Médio Rio de Contas, Sertão do São Francisco e Extremo Sul), quanto pelas temáticas apresentadas, cujos temas versam desde a invisibilidade do negro no sistema bancário à análise dos dez anos de cotas nas universidades públicas.

Outro ponto positivo da seleção foi a significativa representatividade de associações e conselhos quilombolas, que submeteram projetos no processo seletivo deste ano. O total de recursos disponibilizado pelo edital foi de R$ 430 mil.

Na categoria Eventos, Vitória da Conquista, ficou em primeiro lugar com o Projeto “Um Dialogo entre as Africanidades Anageenses”, elabolrado pelo Movimento Cultural Consciencia Negra. E em 3º lugar, com o projeto elaborado pelo Conselho das Associações Quilombolas do Território de Vitória da Conquista, com o projeto “Memória, Cidadania e Identidade Cultural”.