fbpx

Portal da Economia Solidária traz novas perspectivas de trabalho

PMVC

“Esse portal veio agregar valor aos produtos. É muito fácil conhecer a história de cada artesão e o seu produto. Você tem contato direto com ele, e isso é muito importante”, afirma presidente da AEPS

Acaba de ser lançado o Portal da Economia Solidária. Pioneiro no Brasil, o portal abre uma grande  vitrine  para divulgação do trabalho dos artesãos que atuam em Vitória da Conquista e expande as possibilidades de comercialização dos produtos oriundos da Economia Solidária. Agora qualquer pessoa, de qualquer local do mundo poderá apreciar e  adquirir o artesanato produzido na região sudoeste.

No site é possível encontrar fotografias dos mais variados produtos, a descrição dos materiais utilizados pelos artesãos, contatos dos empreendedores, além de notícias atualizadas, por meio das quais a população conhecerá um pouco mais sobre o trabalho dos artesãos e a trajetória da economia solidária no município. Além disso, o espaço divulgará todas as informações referentes a cursos nas áreas de produção e formação, e a agenda de atividades previstas para o município. Quem acessar o portal, poderá se comunicar diretamente com a Agência de Desenvolvimento Trabalho e Renda/ADTR por meio do envio de e-mails.

Para o presidente da Associação de Economia Popular Solidária (AEPS), Armando Fernandes, os benefícios poderão ser sentidos no bolso, por quem produz de acordo com a Economia Solidária. “Tendo em vista que a economia solidária tem se solidificado e se fortalecido, esse portal veio agregar valor aos produtos. É muito fácil conhecer a história de cada artesão e o seu produto. Você tem contato direto com ele, e isso é muito importante”, afirma. Fernandes destaca o dinamismo e as grandes exigências que caracterizam o mercado de trabalho atualmente. Ele acredita que o portal facilitará as coisas para os artistas que expõem seus produtos no portal. “Temos artesãos que trabalham com os mais variados produtos, e de qualidade”, avalia. “Creio que o portal veio fortalecer mais ainda o pequeno artesão para que ele divulgue seu produto em nível nacional e até mesmo internacional”.

O professor e ex-presidente do Conselho Municipal de Economia Solidária, Antônio Andrade Leal, diz considerar o Portal da Economia Solidária um avanço. Para ele, a novidade tem grande potencial. “É uma espécie de loja virtual”, compara. “Uma coisa é produzir, outra é inserir no mercado. O portal vai divulgar e o mundo inteiro poderá ter acesso aos produtos gerados aqui em Vitória da Conquista, por meio da economia solidária”.

Acesse e conheça o Portal da Economia Solidária: www.portaleconomiasolidaria.com.br