Matrícula online: UESB inicia campanha contra o trote

por Patrício Ribeiro

Começou ontem e vai amanhã, sexta, 30, o procedimento de matrícula online para os estudantes dos três campi da Uesb, à exceção dos calouros. É a fase de pré-matrícula para os chamados “veteranos”, que traz uma novidade importante: ao acessar o Sistema Sagres, antes de passar aos passos de escolha e confirmação de disciplinas, o discente, obrigatoriamente, terá que ler e tomar ciência do texto da Resolução n.º 07/2008, que proíbe a prática do trote na Universidade.

Embora publicada em 18 de setembro de 2008, a Resolução não tem sido respeitada pela totalidade dos estudantes, apesar de a Uesb, no início de cada semestre, sempre promover uma ação de conscientização contra a prática do trote. “A ideia agora é intensificar, mudar o tom, de modo a deixar muito claro que é proibido o trote na Universidade. Por isso a inclusão da Resolução como tela obrigatória do procedimento de matrícula, já que muitos estudantes alegam não saber que o trote é proibido”, confirma a pró-reitora de Graduação, Talamira Taíta. Além dessa medida, estão previstas a distribuição de material específico e a veiculação em meios impressos e audiovisuais de uma campanha contra o trote no âmbito da Uesb.

De acordo com a Resolução 07/2008, toda ação contrária à vontade do estudante recém-chegado, que afete sua integridade moral e física, é considerada trote, ou seja, agressão. O praticante do trote pode ser punido com suspensão de 100 dias, o equivalente a um semestre, ou até ser desligado dos quadros da Uesb, em caso de reincidência. Quem for vítima de trote na Universidade deve procurar o Colegiado do curso ou a Assessoria Acadêmica do campus e denunciar os agressores. A denúncia é encaminhada à Pró-Reitoria de Graduação, que instaura o procedimento cabível para a apuração dos fatos. “Trote não é brincadeira e calouro não é bicho. O que a gente quer é acolher quem está chegando, dar as boas vindas e integrar o calouro ao ambiente da Universidade. Esse deve ser o comportamento de todos”, enfatiza a pró-reitora de Graduação.

Assessoria de Comunicação