PMVC

O laudo do médico e do perito do INSS não coincidem?

A dura realidade de quem tem uma aposentadoria forçada inclui inúmeros constrangimentos: dentre eles despesas decorrentes da doença, redução do salário e ainda tem a perícia da Previdência Social, na maioria das vezes para provar que realmente está doente.

Além de inúmeros exames e o laudo do médico do trabalho, a avaliação do perito do INSS também é obrigatória. O secretário da Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social (ANMP ), Miguel Tabacow,  afirma que os critérios usados pelos médicos do trabalho são diferentes dos peritos do INSS. “O médico do trabalho vai adequar as diversas situações do trabalhador às situações de cada posto de trabalho que existe nas empresas”. Segundo Miguel, a avaliação deveria acontecer a cada dois anos, mas faltam peritos para isso.

A advogada previdenciária Marta Gueller orienta como agir nesses casos:

PMVC