Inglês sem Fronteiras recebe inscrições até 2 de julho

Alunos de graduação, mestrado ou doutorado de universidades federais contarão com 6.825 vagas. Inscrições via site do programa
por Portal Brasil

As inscrições para a nova seleção do programa Inglês sem Fronteiras seguem até às 12h do dia 2 de julho, no site do programa. Serão oferecidas 6.825 vagas para cursos gratuitos em 43 universidades federais de todo o País. A lista das instituições participantes pode ser consultada naportaria publicada no Diário Oficial da União.

Com carga horária presencial de quatro aulas de 60 minutos, que podem ser distribuídas em até quatro encontros semanais, os cursos terão duração mínima de 16 horas e máxima de 64 horas, variando de 30 a 120 dias. As aulas terão início a partir de 14 de julho de 2014.

Para se candidatar às vagas, os interessados devem ser estudantes de graduação, mestrado ou doutorado, com matrícula ativa nas universidades federais credenciadas como núcleos de línguas e que tenham concluído, no máximo, até 90% do seu curso. Os candidatos também devem ser alunos ativos do Curso My English Online níveis 2, 3, 4 ou 5 cuja inscrição tenha sido validada com até 48 horas de antecedência à inscrição no núcleo de línguas

Os cursos abordam o desenvolvimento de habilidades linguísticas e a preparação para exames internacionais de certificação de fluência em língua inglesa.

Classificação

Terão prioridade nas classificações, alunos de graduação de cursos contemplados pelo Programa Ciência sem Fronteiras (CsF):

  • Estudantes que tenham se submetido ao Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) a partir de 2010 e que tenham obtido média igual ou superior a 600 pontos, incluindo a redação;
  • Estudantes que tenham concluído até 80% da carga horária total de seu curso;
  • Alunos com maior índice de rendimento acadêmico conforme parâmetros definidos pela própria universidade;
  • Bolsistas ou ex-bolsistas do Programa Jovens Talentos para a Ciência de qualquer curso de graduação;
  • O candidato só poderá realizar um curso por vez, no entanto, poderá optar por duas opções de curso/turma, e caso o candidato seja classificado em uma das duas opções, a outra será cancelada automaticamente;
  • A inscrição do candidato será confirmada pelo e-mail informado no ato da inscrição, a partir do dia 10 de julho de 2014.

Testes de proficiência

As inscrições para a realização dos testes de proficiência em inglês, o Toefl (Test of English as a Foreign Language), estão abertas até 24 de junho para os alunos de graduação e pós-graduação matriculados nas universidades federais. Os interessados devem se inscrever na página do programa Inglês sem Fronteiras na internet. Os testes serão realizados até 30 de junho.

O objetivo é realizar uma avaliação diagnóstica. O resultado do teste é importante para o estudante, pois demonstrará o nível de compreensão em língua inglesa que tem. Dessa forma, ele saberá o que deve investir para atingir níveis mais altos. O aluno que tiver a nota do Toefl também terá prioridade para participar de cursos presenciais de língua inglesa nas universidades federais

Curso ‘My English Online’

O curso My English Online (MEO), oferecido pelo programa Inglês sem Fronteiras com nova interface na plataforma virtual, conta com mais de 500 mil inscritos. O acesso é gratuito e se dirige aos alunos de graduação e pós-graduação de instituições de ensino superior públicas e privadas brasileiras, que queriam aperfeiçoar o nível do idioma.

A plataforma, possibilita o acesso a materiais de qualidade, proporcionando condições para os alunos desenvolverem conhecimentos e habilidades no idioma do básico ao avançado.

Sobre o Inglês sem Fronteiras 

O programa Inglês sem Fronteiras tem 3 ações bem definidas:

  •  Aplicar teste de proficiência aos alunos das instituições públicas ;
  • Dar oportunidade de aprimoramento da língua inglesa por meio do curso on-line My English Online;
  • Oferecer cursos presenciais nas universidades federais para desenvolvimento de habilidades de produção da língua.
O programa foi elaborado a partir da necessidade de se aprimorar a proficiência em língua inglesa dos estudantes universitários brasileiros, com o objetivo de proporcionar-lhes oportunidades de acesso a universidades de países anglófonos por meio do programa Ciência sem Fronteiras. Para atender tal demanda, suas ações incluem a oferta de cursos a distância e cursos presenciais de língua inglesa, além da aplicação de testes de proficiência.

A iniciativa fruto do trabalho conjunto entre o Ministério da Educação (MEC), a Secretaria de Educação Superior (Sesu) e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), tem o objetivo de incentivar o aprendizado do idioma inglês e propiciar uma mudança abrangente no ensino de idiomas estrangeiros nas universidades do País.