Bancos mudam horário a partir de segunda

 

 

O horário brasileiro de verão tem seu inicio anualmente, no terceiro domingo do mês de outubro. Em 2014, ele começa no dia 19, quando os ponteiros dos relógios nas regiões de seu alcance, devem ser adiantados em uma hora.

O horário é adotado no verão pelo fato de os dias serem mais longos, devido à posição da Terra em relação ao Sol. Isso faz com que as luzes sejam acendidas mais tarde, assim como a utilização de chuveiros e outros eletrodomésticos seja pulverizada em horários adversos dos horários considerados como os de pico de consumo de energia. Essa medida é adotada numa forma eficiente e inteligente de se economizar energia.

O horário de verão só se aplica nas regiões mais afastadas da Linha do Equador: as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste adotam a mesma técnica de se adiantar seus relógios em uma hora, alterando assim o horário oficial de Brasília que comanda uma série de acontecimentos e fatos nacionais. Emissoras de rádio e televisão por exemplo, que transmitem em rede, agências bancárias entre outras. Na ilustração, em tom verde.

Com a mudança de horário, os fusos do Brasil se organizam da seguinte forma em relação ao horário da capital do país: os estados do Nordeste (inclusive a Bahia), Pará, Amapá e Tocantins, passam a ter uma hora a menos em relação ao horário de Brasília. Na imagem em tom azul.

Já os estados do Acre, Amazonas, Roraima e Rondônia ficam com duas horas atrás do horário de Brasília. Destacada na imagem em amarelo.

Em Vitória da Conquista e nas cidades onde não se pratica o horário de verão, as agências bancarias abrem às 9:30 e encerram seus expedientes do público às 14:30.

O término do horário de verão, quando os relógios voltam uma hora nos estados onde foram adiantados, acontece no dia 15 de fevereiro de 2015, quando tudo volta a funcionar normalmente.

Como surgiu o horário de Verão

 A ideia foi lançada em 1784 por Benjamim Franklin, político e inventor americano, quando não havia ainda luz elétrica. De início, não teve muita aceitação por parte do governo dos Estados Unidos. De fato, o primeiro país a adotar oficialmente o horário de verão foi a Alemanha, em 1916, em plena Primeira Guerra, para economizar os gastos com carvão.

No Brasil, o primeiro horário de verão foi realizado entre 1931 e 1932, pelo presidente Getúlio Vargas, com duração de 5 meses. A prática vem sendo adotada sem interrupções desde 1985, com algumas diferenças nos estados e períodos de duração.

Somente em 2008, o decreto 6558, durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, definiu as datas para a mudança de horário e fixou a duração da medida em quatro meses.

Assim, ficou estabelecido que o horário de verão começa no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro. A única exceção ocorre quando o terceiro domingo de fevereiro coincidir com o domingo de Carnaval. Nesse caso, o horário de verão termina no quarto domingo de fevereiro.