Escolas tem até esta terça, 08, para escolher livros didáticos

Mais de 65% das escolas ainda não registraram a escolha dos livros que serão utilizados pelos alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental a partir de 2016
De um total de 40,3 mil escolas que atendem alunos dos anos iniciais do ensino fundamental, apenas 13,2 mil tinham selecionado seus livros.

Termina nesta terça-feira (8) o prazo para a seleção de livros didáticos. A escolha é feita por meio do sistema eletrônico do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Um terço das escolas públicas do País fez a escolha dos livros que serão utilizados pelos alunos dos anos iniciais do Ensino Fundamental a partir de 2016. De um total de 40,3 mil escolas, apenas 13,2 mil selecionaram seus livros.

Até o prazo final, professores, diretores e coordenadores pedagógicos devem estudar os livros disponíveis no Guia de Livros Didáticos 2016 e escolher os mais adequados à proposta pedagógica de sua unidade de ensino. Em seguida, basta entrar no sistema do FNDE e informar os títulos selecionados.

Em alguns estados, como Paraná, Espírito Santo e Goiás, o percentual de escolha já atingia quase 50% das escolas públicas com anos iniciais do Ensino Fundamental. Por outro lado, em outras Unidades da Federação, como Amapá, Maranhão, Pernambuco e Roraima, a porcentagem de unidades de ensino que registraram a escolha não atingia nem 20%.

Nesta edição do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), serão selecionadas obras didáticas de todos os componentes curriculares dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano): letramento e alfabetização linguística, alfabetização matemática e ciências humanas e da natureza (1º ao 3º ano); ciências, história e geografia (2º e 3º ano); língua portuguesa, matemática, ciências humanas e da natureza, história, geografia, ciências e arte (4º ao 5º ano), além de livros com temáticas regionais para o 4º ou 5º ano do Ensino Fundamental.

Novidades

O PNLD 2016 apresenta duas novidades em relação a edições anteriores. Esta será a primeira vez que estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental receberão livros de arte – no PNLD 2015, alunos do Ensino Médio já foram contemplados com livros dessa disciplina.

Fora isso, os professores terão duas opções com relação aos componentes de ciências, história e geografia. Podem optar por obras específicas de cada uma dessas disciplinas ou escolher a coleção integrada de ciências humanas e da natureza, que engloba todos os componentes.

Como regra básica, devem ser selecionadas duas opções de cada disciplina, de editoras diferentes. Caso não seja possível a aquisição dos livros da editora da 1ª opção, o FNDE negociará as obras da 2ª opção.

Caso a escola não queira receber livros de algum componente, basta manter a indicação inicial do sistema: “Não desejo receber livros deste componente”. Ou seja, se registrar escolha para alguns componentes e deixar de marcar em outros, só receberá os livros que escolheu. Se gravar a escolha sem marcar nenhum componente, não receberá qualquer obra.

Por outro lado, se o colégio não acessar o sistema ou não registrar opção em nenhum momento, será encaminhado, compulsoriamente, um dos títulos aprovados para o PNLD 2016 de cada componente curricular.