Campanha do Boulevard Shopping alerta sobre violência contra a mulher

 

No dia 8 de março é comemorado o Dia Internacional da Mulher, mas ainda estamos longe de poder celebrar a igualdade de gênero entre homens e mulheres. Em 2018, uma mulher era assassinada no Brasil a cada duas horas. O dado é o Atlas da Violência 2020, do IPEA – Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Em 2020, foram registrados uma média de um feminicídio a cada nove horas entre março e agosto, com uma média de três mortes por dia. Os dados são do monitoramento Um Vírus e Duas Guerras.   

Os números são altos e para chamar a atenção da população sobre o tema, o Boulevard Shopping realiza, entre os dias 8 e 31 de março, uma campanha de conscientização sobre a Violência contra a Mulher. “Achamos importante trazer essas informações até a população, para que as mulheres possam tomar precauções e não precisem chegar a situações extremas de violência”, afirma Eber Paim, Superintendente do Boulevard.  

O feminicidio, ou seja, o assassinato de uma mulher pela condição de ser mulher, é a ponta de um iceberg muito mais profundo. A violência, ao contrário do que se pensa, não se restringe à agressão física, mas demonstra sinais mais sutis e, muitas vezes, um longo tempo antes de se atingir o ápice. Pode acontecer desde uma violência psicológica, como chantagem, mentiras ou até mesmo ser ignorada, desqualificada ou ridicularizada pelo parceiro, até mesmo o parceiro controlar ou proibir (amizades, dinheiro, atividades, aparência, etc).  

Nos casos em que houver ameaças, beliscões, empurrões, tapas, chutes, outros tipos de agressões ou abuso sexual, a mulher deve buscar ajuda dos órgãos competentes e denunciar. “A importância de dar visibilidade ao tema é o combate efetivo à violência, pois só podemos combater o que conhecemos. Muitas mulheres sofrem violência, mas não sabem que sofrem. Acham que é sua obrigação aceitar sexo forçado, aceitar que seu marido a chame de gorda e até coisas piores. Só podemos viver numa sociedade melhor, se ela coíbe a violência contra a mulher”, afirma a delegada da mulher em Vitória da Conquista, Gabriela de Digo.   

Conscientização  

Entre os dias 08 e 31 de março, o Boulevard Shopping realiza uma campanha em parceria com a DEAM (Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher). Um balcão de atendimento será instalado no shopping, onde as mulheres podem buscar acolhimento individualizado, orientação e encaminhamento com a equipe da DEAM. Além disso, serão publicadas nas redes sociais informações sobre o assunto, como os tipos de violência, contatos e informações úteis para realizar denúncias.  

A delegada também afirma que as pessoas podem começar a colaborar com o trabalho da Deam dentro do próprio lar. “Tudo começa em casa. Quando você educa seu filho a respeitar as mulheres e ensina sua filha quais são seus direitos, você começa a colaborar com nosso serviço”, declara. “A denúncia dos crimes de violência contra a mulher é fundamental para o nosso trabalho”, completa. Denúncias podem ser feitas através do número 180.   

O balcão do DEAM fica localizado na Entrada A e vai funcionar de segunda a sexta (8 a 12 de março) das 10h às 19h e de segunda a sexta (16 a 31 de março) das 17h às 19h.