Sete de Setembro, Dia da Independência do Brasil marcado por manifestações

Imagem: Grande Oriente do Brasil

Neste feriado de 7 de setembro, todos os olhares estão voltados para os atos públicos nas capitais brasileiras e em outras centenas de cidades pelo Brasil. 

Paralelo ao tradicional desfile das forças armadas brasileiras, há manifestações marcadas para Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Manaus, Belém, Salvador, Cuiabá, São Luís, Curitiba e Porto Alegre. O movimento segue interior adentro movimentando o país inteiro. 

Nas ruas, manifestantes prometem críticas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e a defesa de pautas como liberdade de expressão e voto impresso auditável. Esperam-se também protestos organizados por grupos contrários ao governo Jair Bolsonaro.  

Ao menos 14 grupos cadastrados junto à Secretaria de Segurança Pública do DF irão manifestar apoio ao presidente Jair Bolsonaro neste feriado. Organizadores estimam que mais de um milhão de pessoas compareçam. Desde ontem, não param de chegar na capital federal caravanas de vários grupos de manifestantes, incluindo a liderança dos caminhoneiros que toma conta do planalto central.

Em São Paulo, os atos ocorrerão na Avenida Paulista, com a expectativa de 2 milhões de pessoas. Algumas emissoras de televisão prometem acompanhar as manifestações ao vivo, atualizando as informações na medida em que elas vão acontecendo.

De Vitória da Conquista, vários ônibus fretados estão na capital federal desde ontem e na cidade, haverá concentrações públicas em vários pontos, assim como em outras cidades do interior brasileiro.