Valdemir Dias quer retirar regime de urgência: PL que institui “Taxa do Lixo”

Texto e imagem: Camaravc.

 Durante pronunciamento na Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista, o vereador Valdemir Dias lamentou a morte da jornalista Edna Nolasco. “Vitória da Conquista perde uma exímia fotógrafa e uma jornalista reconhecida por todo seu trabalho e legado que deixa entre diversas gerações de fotógrafos”, afirmou.

Valdemir informou que a Bancada de Oposição entrou com pedido para quebra do regime de urgência na tramitação do Projeto de Lei que institui a ‘Taxa do Lixo’. “O regime de urgência tem o objetivo de aprovar essa proposta a toque de caixa, sem debater com a comunidade”, afirmou. O vereador questionou a política de isenção desse imposto e pediu esclarecimentos sobre o controle dessa isenção. “Nós precisamos fechar o projeto, mas necessitamos de mais tempo para discutir as questões relacionadas à ‘Taxa de Lixo’”, defendeu Valdemir.

O vereador ainda criticou o Governo Federal, a PEC dos precatórios e o Auxílio Brasil. “Primeiro, Bolsonaro deu calote nos precatórios, diminuindo o pagamento para sobrar recursos que seriam destinados ao Auxílio Brasil, um beneficio que tem prazo para acabar. Bolsonaro quer se beneficiar com todas essas manobras, mesmo sabendo do prejuízo que representa para os mais carentes”, declarou Valdemir.