PMVC

Hospital da Mulher conquista certificado internacional

Foto: Rafael Menezes / Saúde Governo Bahia


Com mais de 2,5 milhões de consultas e exames, bem como 40 mil cirurgias, o Hospital da Mulher, em Salvador, já era referência nacional em prevenção, acompanhamento e tratamento da saúde feminina. A partir desta terça-feira (1), a unidade tornou-se certificada internacionalmente como centro de excelência no diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

Foto Mateus Pereira. Governo Bahia

Inaugurado há cinco anos pelo Governo do Estado, a unidade foi inspecionada hoje pela secretária da Saúde da Bahia, Adélia Pinheiro, a fim de verificar as obras de ampliação e as condições de atendimento da população.
“Atendemos pacientes dos 417 municípios e o sucesso de acolhimento e resolutividade motivou uma ampliação. É por isso que estamos construindo um novo prédio, que terá 78 novos leitos e serviços como ressonância magnética e radioterapia, fortalecendo assim, a vocação para atendimentos oncológicos na unidade”, ressalta a secretária Adélia Pinheiro.

Foto: Rafael Menezes / Saúde Governo Bahia

Atualmente o Hospital da Mulher é referência nas especialidades de oncoginecologia, oncologia clínica, mastologia, cirurgia plástica, planejamento familiar, cabeça e pescoço, cirurgia geral e reprodução humana/endometriose, além de acolher mulheres que foram expostas à violência sexual. Para ser atendida no Hospital da Mulher é preciso que a paciente passe por uma avaliação na unidade básica do seu município e, sendo perfil, ela será cadastrada no sistema Lista Única. Mais informações podem ser obtidas através do telefone 0800 071 4000.

PMVC

Rede materno-infantil – Ainda pela manhã, a secretária visitou a maternidade Maria Conceição de Jesus, localizada no Subúrbio da capital baiana. Com 90 leitos distribuídos entre UTI Neonatal (10), Cuidados Intermediários (15), Gestação de Alto Risco (10), Obstetrícia Clínica (25), Obstetrícia Cirúrgica (25) e Centro de Parto Normal Peri-hospitalar (5), a unidade já realizou mais de 2.300 partos em menos de um ano.