fbpx

Crônica da semana: “Enquanto eu penso em você!”

Photo by Caleb George on Unsplash

Por Nilson Lattari

          O que você faz, enquanto eu penso em você? Você vai ao shopping e começa a olhar as vitrines, será que me imagina dentro de algumas dessas roupas, ou então imagina a roupa que poderia usar para poder me encontrar?

          Enquanto eu penso em você, o que você imagina quando senta em um café e pede uma bebida que poderíamos curtir juntos, quem sabe colocando uma pitada daquele condimento desconhecido e que poderia me surpreender com um sabor inesperado, que me deixasse com o olhar perdido enquanto você riria com as minhas adivinhações absurdas?

          Enquanto eu penso em você, você olha a sua carteira buscando as chaves do carro, apoiando a bolsa no seu joelho levemente levantado, com as minhas mãos lhe oferecendo apoio para que não caia, e o seu fingimento prolongando a procura, as minhas mãos firmes a te proporcionar um porto seguro?

          Enquanto eu penso em você, você poderia estar na sua casa ouvindo uma música, aprendendo uma receita nova, procurando no jornal um lugar para viver a noite, uma peça de teatro, um novo filme, um show com um artista desconhecido, despontando em um barzinho perdido, mas badalado e famoso?

          Enquanto eu penso em você, você abre a janela e olha a multidão passar abaixo do seu apartamento, apertada entre as luzes dos carros e das lojas, entre os barulhos de buzinas e conversas animadas, ou simplesmente em silêncio na sua casa vazia, ou então cercada de parentes, amigos, alguém que te interesse, algum vizinho, uma reunião de condomínio chata, preparando uma discussão ou um barraco com o dono do gato que importuna o passarinho que você mantém na varanda?

          Enquanto eu penso em você, você estaria deitada no sofá da sua sala, ouvindo uma música, baixinho, se lamentando por que eu não disse o que você gostaria de ouvir, frustrada, chorando de raiva ou se consolando no ombro de alguém querido?

          Enquanto eu penso em você, o que você gostaria que eu estivesse fazendo? Saindo da minha casa na direção da sua, pegando no telefone que você olha desolada, mudo, calado, sem sinal de vida?

          Enquanto eu penso em você, você estaria pensando em mim? Enquanto eu penso em você, você imagina que eu existo?

*Nilson Lattari. Graduado em Literatura pela UERJ e especialização em Estudos Literários pela UFJF. Fui primeiro colocado em crônicas no Prêmio UFF de Literatura, 2011 e 2014, e terceiro colocado em contos pelo mesmo prêmio em 2009. Primeiro colocado em crônicas prêmio Darcy Ribeiro – Ribeirão Preto, 2014. Finalista em livro de contos Prêmio SESC de Literatura 2013, finalista em romance Prêmio Rio de Literatura, 2016, além de várias menções honrosas em contos, crônicas e poesias. A foto 01 é do site Mundo das Mensagens.