PMVC

Arraiá da Conquista: Companhia de Dança Raiz do Nordeste encena o espetáculo “O sertão, a seca e a solidão”

Texto e imagens: Secom PMVC

Na noite desta sexta-feira, depois de quase duas horas de muito forró, o show de Rege de Anagé terminou com o público encantado com o talento e o repertório de um dos mais destacados artistas regionais.

Quem segue fazendo o espetáculo é a Companhia de Dança Raiz do Nordeste, com a encenação “O sertão, a seca e a solidão”, entremeada por números musicais, ao som de um pout-pourri de canções nordestinas.

PMVC

O Grupo de Dança Raiz do Nordeste existe desde 2012 e tem como objetivo trazer para o público um conteúdo artístico que, geralmente, fica restrito a quem frequenta os teatros.

Na sequência da noite, a apresentação da banda Xamego da Bahia no Arraiá da Conquista, foi a segunda vez do grupo no Centro Cultural Glauber Rocha. Eles tocaram pela primeira vez no local em 2018. Agora, a vocalista Josy da Bahia e músicos retornaram ao evento junino da Prefeitura de Vitória da Conquista para trazer para o público um repertório repleto de verdadeiros hinos do São João.

Larissa Gomes fecha o sábado

Larissa recebeu em seu camarim a Prefeita Sheila Lemos.

E depois do ritmo dançante de Xamego da Bahia, que tal um arrocha romântico com Larissa Gomes? Pois é, a jovem cantora conquistense fechou a segunda noite do Arraiá do Conquista no Centro Cultural Glauber Rocha. Antes, a cantora recebeu a prefeita Sheila Lemos em seu camarim e parabenizou a anfitriã pelo evento e ouviu de volta o desejo de sucesso na carreira.

No repertório da noite, as músicas autorais “A Sua Ex Voltou”, “Bloqueado”, “Idiota” e “Impossível”, música lançada há três dias, além de forró e músicas que deram início ao estilo arrocha, como “Morango do Nordeste”.

Com mais de dez anos de carreira, o trabalho de Larissa Gomes já conquistou o coração de milhares de fãs e admiradores nas redes sociais e por onde passa.