Núcleo Territorial NEOJIBA Vitória da Conquista realiza Recital de São João 2022


Nesta quinta-feira, 9, às 18 horas, integrantes das turmas de cordas, sopro, percussão e canto coral do Núcleo Territorial NEOJIBA (NTN) Vitória da Conquista se reúnem para o Recital de São João 2022, na sala de espetáculos do Centro de Cultura Camillo de Jesus Lima.

A apresentação contará com um repertório variado, que inclui desde grandes sucessos do Rei do Baião, Luiz Gonzaga, a peças de concerto trabalhadas ao longo do semestre com as turmas iniciantes de violino e viola. 

Outras composições, como “Eu só quero um xodó”, de Dominguinhos e Anastácia, e “Anunciação”, de Alceu Valença, também serão apresentadas no recital.

A entrada é gratuita e os ingressos serão disponibilizados na bilheteria do Centro de Cultura, duas horas antes do evento. 

Vale destacar que será permitida a lotação máxima da capacidade de público do espaço, mediante a apresentação do comprovante de vacinação contra a covid-19.

O Recital de São João conta com a parceria da Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista (PMVC) e do CCCJL, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult).

A apresentação tem ainda o apoio da Academia Conquistense de Letras, da Casa da Cultura Carlos Jehovah e do Instituto de Educação Euclides Dantas (IEED), por meio da Secretaria Estadual de Educação (SEC).

Sobre o NEOJIBA

Criado em 2007, o NEOJIBA (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) promove o desenvolvimento e integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos. 

O programa é mantido pelo Governo do Estado da Bahia, vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social, e gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Social Pela Música. Em quase 15 anos, o NEOJIBA atendeu, direta e indiretamente, mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens entre 6 e 29 anos. Atualmente, o programa beneficia 2.324 integrantes diretos em seus 13 núcleos e 4.500 indiretos em ações de apoio a iniciativas musicais parceiras. Texto e imagens: Afonso Ribas Moreira, Assistente de Desenvolvimento Institucional.