PMVC

Dez informações essenciais sobre o Censo Demográfico 2022: Início na próxima segunda, 01 de agosto

1. O Censo Demográfico ocorre normalmente a cada dez anos, deveria ter sido realizado em 2020, mas acabou adiado por dois anos, por conta da pandemia e falta de recursos;

2. O Censo 2022, será o 13o do Brasil. O primeiro foi realizado em 1872, no Império, e o IBGE fez o seu primeiro Censo em 1940;

PMVC

3. A pesquisa começa dia 1o de agosto e deve durar três meses, indo até o fim de outubro. A previsão é divulgar os primeiros resultados em dezembro deste ano;

4. O Censo Demográfico é a única pesquisa estatística que visita todos os domicílios em todos os municípios brasileiros. Em cada domicílio, pelo menos uma pessoa é entrevistada e ela pode responder por todos os moradores da residência;

5. O Censo tem dois questionários: um mais curto, com 26 perguntas, que todos os domicílios respondem, e um maior, com 77, que só uma parte dos domicílios respondem (cerca de 10% dos domicílios do país). O tempo de resposta para o questionário curto é de entre 5 e 10 minutos; para responder o questionário mais longo, são necessários entre 15 e 20 minutos em média (depende de alguns fatores, como o tamanho da família);

6. O Censo é a única pesquisa estatística oficial que traz informações sobre os seguintes temas: religião, indígenas, deficiência, fecundidade, nupcialidade, migração/ deslocamento para trabalho ou estudo, aglomerados subnormais (favelas e assemelhados) e as características do entorno dos domicílios em áreas urbanas;

7. Nesta edição de 2022, o Censo terá, pela primeira vez, informações sobre pessoas com diagnóstico de autismo, quilombolas e dados por bairros de Salvador. Também pela primeira vez, o IBGE vai georreferenciar todos os domicílios visitados, ou seja, determinar suas coordenadas geográficas (latitude e longitude);

8. A população poderá responder o questionário do Censo presencialmente, durante a visita do/a recenseador/a, ou, nesse momento, escolher responder pela internet ou por telefone.
No primeiro caso (internet), o/a morador/a será cadastrado e receberá, por e-mail, um link com senha. Terá um prazo de 7 dias para responder.

No segundo caso, será agendada uma ligação telefônica a ser feita pela equipe do IBGE, para coletar as informações;

9. Todas as informações fornecidas ao IBGE são sigilosas por lei e não podem ser identificadas nem para a Justiça, nem para polícia. Essa legislação é de 1968 e mais restrita inclusive do que a Lei Geral de Proteção de Dados;

10. Durante o Censo, todos os recenseadores estarão identificados pelo uniforme, colete e boné do IBGE, além de levarem o dispositivo móvel de coleta (DMC). Eles usam um crachá com foto, onde existe um QR Code que aponta para um site no qual é possível confirmar a identidade dessas pessoas.

Além disso, é possível também ter essa confirmação de identidade pelo 0800 721 8181 ou pelo site respondendo.ibge.gov.br.

Todos os recenseadores também estão orientados a usar máscara e buscar manter o máximo de distanciamento possível no momento da coleta, seguindo rigorosamente os protocolos sanitários vigentes nos diversos municípios, durante o período da coleta.

Alguns números:

Na Bahia, são cerca de 5 milhões de domicílios a serem visitados; Estima-se contar algo em torno de 15 milhões de pessoas; Em Salvador são cerca de 1,1 milhão de domicílios e a estimativa é contar algo em torno de 3 milhões de pessoas; Foram contratadas, no estado, cerca de 14,3 mil pessoas, sendo quase 12,5 mil recenseadores; Na capital, foram cerca de 2.900 contratados, sendo por volta de 2.600 recenseadores; O Censo tem um Orçamento total de cerca de R$ 2,3 bilhões neste ano de 2022.

Por Mariana Viveiros – Coordenadora de Divulgação do Censo 2022. Supervisão de Disseminação de Informações