PMVC

Neoenergia Coelba expande rede credenciada: mais de 800 pontos espalhados pelo Estado

Texto e imagem: Secom Neoenergia Coelba

Os clientes da Neoenergia Coelba que optarem pelo atendimento presencial têm à disposição mais de 800 pontos da rede credenciada da distribuidora espalhados pelo Estado. O movimento de expansão realizado pela concessionária tem como objeto estar cada vez mais próximo dos consumidores, aumentando a sua comodidade e agilizando as demandas.

As redes de serviço comerciais da Neoenergia Coelba estão em todos os municípios da Bahia. Elas ficam em estabelecimentos comerciais localizados em pontos estratégicos para melhor atender os consumidores e pode ser identificada através do ícone abaixo. Por ser uma rede própria, as unidades possuem o sistema da distribuidora para dar baixa nos pagamentos, agilizando ainda mais o processo.

PMVC

Em 409 desses pontos, nas redes de serviço comerciais, os clientes ainda têm acesso aos seguintes serviços: segunda via de faturas, consulta de débitos, recarga de celular e o parcelamento de contas em atraso com a distribuidora. Em algumas lojas, é possível pagar a fatura através do cartão de crédito e débito.

Para verificar qual o ponto de atendimento mais próximo  de você, clique aqui.

Canais digitais

Aos clientes que tenham acesso e facilidade no uso da internet, a distribuidora possui diversos canais de atendimento digitais. O consumidor pode acessar os serviços da empresa através do site (www.neoenergiacoelba.com.br), Whatsapp (71 3370-6350), aplicativo disponível no Google Play ou Apple Store ou nas redes sociais da empresa.

Sobre a Neoenergia Coelba – A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia, empresa da Neoenergia, é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia fornecida, sendo a maior do Norte-Nordeste. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Neoenergia Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados, com mais de 6 milhões de clientes (mais de 15 milhões de habitantes).