PMVC

Vitória da Conquista amanhece de luto: faleceu o Dr. Ubirajara Pereira de Brito

Foto: arquivo pessoal.

Faleceu no Hospital Samur, na madrugada desta quarta-feira, 20, o cientista Dr. Ubirajara Pereira de Brito, aos 88 anos. Ele era nascido em Tremedal, mas veio estudar em Vitória da Conquista.

Reconhecido no Brasil e no exterior, ganhou medalhas e teve destaque com diversas publicações científicas. Doutor em Ciências Físicas pela Faculdade de Ciências de Orsay da Universidade de Paris, atuou como professor de Geonuclear na mesma faculdade francesa e foi pesquisador titular do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) – maior órgão público de pesquisa científica da França.

Era ex-membro do Comitê de Ciência e Tecnologia da Organização dos Estados Americanos (OEA) e da Comissão Consultiva de Desenvolvimento Nuclear da Presidência da República, na década de 1980, e pertenceu ao Conselho Editorial da Revista Nosso Caminho, dirigida por Oscar Niemeyer.

PMVC

Apesar de recolhido em seu lar, numa de suas últimas investidas políticas na cidade, em princípios de 2016, Ubirajara empunhou a bandeira da candidatura do então radialista Herzem Gusmão à Prefeitura de Vitória da Conquista, quando coordenou inclusive várias edições do jornal impresso de vasta circulação, apresentando as credenciais que o conduziriam ao cargo máximo do município. Figura pública de grande prestígio internacional, se manteve no anonimato até os dias atuais.

Uma das últimas aparições públicas de Ubirajara, foi na posse de Herzem Gusmão como Prefeito apoiado pelo trabalho de aglutinação de forças por ele comandado.
A foto é do Blog do Anderson.

A Prefeitura Municipal emitiu a seguinte nota:

“Nota de pesar pelo falecimento do cientista Ubirajara Pereira de Brito

A Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista manifesta seu mais profundo pesar pelo falecimento do doutor Ubirajara Pereira de Brito, aos 88 anos, na madrugada desta quarta-feira (20), no Hospital Samur.

Chamado de Bira por amigos e admiradores, o cientista nasceu em Tremedal, veio para Vitória da Conquista estudar e ganhou o mundo. Em sua vasta trajetória, o cientista, pesquisador, engenheiro civil, jornalista e conferencista, já foi ministro da Educação e da Ciência e Tecnologia e fez parte do seleto grupo de cientistas que analisaram amostras de rochas lunares, coletadas pela missão Apolo.

Reconhecido no Brasil e no exterior, ganhou medalhas e teve destaque com diversas publicações científicas. Doutor em Ciências Físicas pela Faculdade de Ciências de Orsay da Universidade de Paris, atuou como professor de Geonuclear na mesma faculdade francesa e foi pesquisador titular do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS) – maior órgão público de pesquisa científica da França.

Era ex-membro do Comitê de Ciência e Tecnologia da Organização dos Estados Americanos (OEA) e da Comissão Consultiva de Desenvolvimento Nuclear da Presidência da República, na década de 1980, e pertenceu ao Conselho Editorial da Revista Nosso Caminho, dirigida por Oscar Niemeyer.

À família, amigos e admiradores, a prefeita Sheila Lemos e o Governo Municipal manifestam seu pesar e solidariedade neste momento de dor”.

Câmara lamenta morte do cientista Ubirajara Pereira Brito

Imagem Câmara lamenta morte do cientista Ubirajara Pereira Brito

A Câmara Municipal de Vitória da Conquista, por meio do presidente Luís Carlos Dudé (MDB), e dos demais vereadores, manifesta profundo pesar pela morte de Dr. Ubirajara Pereira de Brito, aos 88 anos, ocorrida na madrugada desta quarta-feira (20), no Hospital SAMUR, vítima de complicações de saúde ocasionadas por um câncer.

Ubirajara Brito é filho de Tremedal, mas adotou Vitória da Conquista como sua terra. Ele teve uma vida repleta de realizações, títulos, medalhas, contribuições científicas, colecionando prêmios, ocupando cargos públicos, fazendo parte de comissões multinacionais, politico, autor de livros, entre outros.

Em sua vasta trajetória, o cientista, pesquisador, engenheiro civil, jornalista e conferencista já atuou como professor de Física do Colégio Estadual da Bahia e  professor adjunto da Escola Politécnica da Bahia.

Reconhecido no Brasil e no exterior, ganhou medalhas e teve destaque com diversas publicações científicas. Atuou como professor de Geonuclear da Faculdade de Ciências de Orsay da Universidade de Paris e pesquisador titular do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), entre 1971 e 1974. Pós-graduado em Desenvolvimento Econômico e Estratégico, foi condecorado nacional e internacionalmente; ex-ministro da Educação e da Ciência e Tecnologia; ex-membro do Comitê de Ciência e Tecnologia da Organização dos Estados Americanos (OEA), do Conselho de Administração da Fundação Banco do Brasil, da Comissão Consultiva de Desenvolvimento Nuclear da Presidência da República, na década de 1980.

Também pertenceu ao Conselho Editorial da Revista Nosso Caminho, dirigida por Oscar Niemeyer, assim como o assessorou no projeto da Universidade Moura Lacerda, em Ribeirão Preto, e da UNILA-Universidade Federal da Integração Latino-Americana, em Foz do Iguaçu.

O velório acontece nesta quarta-feira (20), no plenário da Câmara Municipal, e o corpo será transladado para a capital baiana, onde será cremado. Neste momento de dor, a Casa se solidariza com os familiares, amigos e admiradores por essa perda irreparável.