fbpx

Bispo de Jequié recebe Comenda 2 de Julho em sessão especial da Alba

Foto – Aquila Novais.

Em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à sociedade baiana, em especial à população da região de Jequié, com uma atuação exemplar, zelosa e dedicada, o deputado municipalista Hassan (PP) apresentou na Assembléia Legislativa da Bahia (Alba) projeto de resolução concedendo a Comenda 2 de Julho ao bispo da Diocese de Jequié, dom Paulo Romeu Dantas Bastos.

O projeto foi aprovado à unanimidade, concedendo ao religioso a maior honraria do legislativo baiano. Hassan explicou que “com essa homenagem queremos destacar o merecimento desse homem de fé que, na sua simplicidade e humildade, tem exercido um trabalho único e diferenciado na promoção da vida e do bem-estar social”.

A outorga da comenda será realizada em sessão especial, marcada para acontecer no dia 4 de abril deste ano de 2024, uma quinta-feira, às 15 horas, no plenário do Palácio Deputado Luis Eduardo Magalhães, Assembléia Legislativa da Bahia.

O parlamentar ressaltou ainda que “as ações sociais realizadas pela Diocese de Jequié, através da coordenação de dom Paulo Romeu, são instrumentos de suma importância para a promoção do bem-estar das pessoas mais carentes”, e citou como exemplo as ações realizadas no Projeto Fazenda da Esperança.

O bispo Dom Paulo Romeu nasceu em 20 de agosto de 1955, no município baiano de Nova Soure, filho de Guilherme Dantas Bastos e Maria Ferreira Filha.

“Trata-se de homem de fé, com ações reconhecidas em prol da vida e atuação imbuída de dedicação, apoio e acalento ao próximo, essenciais para a nossa sociedade, que tanto clama por igualdade social, empatia e acolhimento”, afirma Hassan.

O religioso é bacharel em Filosofia e Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, e possui as ordenações de Diaconato, Presbiterato e Episcopado. Em sua atividade sacerdotal, foi coordenador diocesano da Pastoral da Juventude e coordenador Diocesano de Pastoral na Diocese de Barreiras, vigário geral da Diocese de Barreiras, reitor do Seminário Propedêutico de Barreiras, responsável pelos seminaristas maiores da Diocese de Barreiras, diretor espiritual do Encontro de Casais com Cristo, da Bahia e Sergipe, e membro do Conselho Nacional do Encontro de Casais com Cristo.

Em 24 de abril de 2002 foi nomeado para a Diocese de Alagoinhas, tendo sido, na Regional Nordeste 3 (Bahia e Sergipe), secretário geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), bispo referencial do Ensino Religioso, bispo referencial da Dimensão Missionária e bispo referencial da Dimensão da Liturgia. Em 13 de janeiro de 2021 foi transferido para a Diocese de Jequié, sendo bispo referencial da Pastoral da Pessoa Idosa (Nordeste 3, Bahia e Sergipe), e bispo referencial para os bispos eméritos (Nordeste 2 da CNBB, Bahia e Sergipe).

Por Josalto Alves –DRT-BA 931