fbpx

Juíza da Vara da Infância e da Juventude de Ilhéus esclarece dúvidas sobre entrega legal de crianças recém-nascidas para adoção 

Juíza da Vara da Infância e da Juventude de Ilhéus esclarece dúvidas sobre entrega legal de crianças recém-nascidas para adoção 
Texto e foto: Ascom TJBA.

Com o objetivo de orientar a população sobre o direito à entrega voluntária de bebês para adoção e, dessa forma, prevenir o abandono, a entrega ilegal e o tráfico de crianças, alinhada à Campanha Entregando a Esperança do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), a Juíza Sandra Magali, Titular da Vara da Infância e da Juventude de Ilhéus, participou do podcast Justiça Explica, a convite da Rádio Web TJBA

Na oportunidade, a Magistrada abordou a importância do preparo dos profissionais que integram a rede de atendimento a gestantes ou parturientes, que manifestam a vontade de realizar a entrega voluntária de crianças para adoção. Ela explicou como funciona todo o fluxo até a criança estar apta a uma nova família. 

“Precisamos garantir que a mulher, que deseja fazer essa entrega, seja atendida nos locais por onde ela passa, para o pré-natal, para a realização do parto ou para qualquer tipo de atendimento, de uma forma respeitosa, acolhedora e sem nenhum tipo de preconceito”, ressaltou a Juíza. 

O podcast faz parte das ações de divulgação da Campanha Entregando a Esperança, lançada no dia 18 de abril, que contou com a presença de servidores inseridos no fluxo de entrega voluntária, profissionais do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente, gestores do Poder Executivo, bem como profissionais da saúde, da assistência social e da educação.   

A entrevista com a Magistrada vai ao ar durante os dias 24 e 26 de abril, às 9h e às 15h. Para ouvir, basta clicar no botão “Rádio Web TJBA”, localizado ao lado direito no site do Tribunal. 

Também estará disponível no canal do Poder Judiciário da Bahia no Youtube, onde é possível conferir os episódios anteriores dos podcasts.