fbpx

Não vamos desistir da duplicação da Br 116

Vitória da Conquista, tem sofrido muito com a falta da DUPLICAÇÃO DA BR-116.

Em certos momentos percebemos que diminuem as esperanças de ver essa obra iniciar, mas, precisamos ter resiliências.

Não existe outro caminho que não seja cobrar do Governo Federal, pois é ele o ente responsável pelo contrato.

Nosso movimento busca alternativas, as mais viáveis pra chegar ao Poder Central.

No dia 07 de maio de 2024 às 10:00 acontecerá mais uma AUDIÊNCIA PÚBLICA na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara Federal.

É sabido por todos que já existe um acordo entre ANTT e VIABAHIA, não somos contra a repactuação, todavia não sabemos a modelagem desse acordo firmado.

Foi criado uma secretaria especial no TCU para resolver esses contratos conflituosos, esperamos que de lá saia a solução para o DUPLICA SUDOESTE.

Foi noticiado na imprensa que Jequié Jaguaquara terá seus 21 km duplicados, na região da Serra do MUTUM.

Jequié conseguiu convencer ANTT e a VIABAHIA que as obras se iniciassem por lá.

Vitoria da Conquista NÃO obteve êxito, mas vamos continuar a nossa cobrança.

Durante coletiva de imprensa concedida em Vitória da Conquista, durante o lançamento da Exposição Agropecuária 2024, o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), abordou o tema da duplicação da BR-116.

Estamos cobrando uma decisão do TCU. Solicitei ao presidente do TCU, Bruno Dantas, mais rapidez na conclusão do caso da Via Bahia. Essa decisão não é estadual, mas é de interesse nosso.”, explicou o governador.

Estamos pressionando o Governo Federal, através da Casa Civil, do Ministério de Transporte e do próprio TCU, para acelerar esse processo. A decisão está pendente e acredito que resolverá não apenas a situação da BR-324, entre Feira de Santana e Salvador, mas também a continuidade da duplicação“, acrescentou Rodrigues.

Jerônimo também mencionou que a duplicação da BR-116 foi discutida com o presidente Lula e está incluída no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Nossa meta é dialogar com o Governo Federal e os ministérios para impulsionar a duplicação da BR-116. Precisamos do apoio dos deputados federais, empresários, prefeitos e da sociedade em geral para avançar nesse projeto“, concluiu Rodrigues.

A concessionária, controlada pela multinacional canadense Roadis, diz que investirá R$ 11,8 bilhões até 2034, a depender do aval do Tribunal de Contas da União. A empresa também diz esperar um desfecho para o impasse ainda em 2024.

O fato é que, embora pareça repetitivo, é necessário manter os movimentos e as cobranças, com participação dos parlamentares, gestores municipais e sociedade. O poder da ViaBahia já foi comprovado e ela vem vencendo a queda de braço com o Governo Federal desde que o presidente era Michel Temer, passando por Jair Bolsonaro e agora Lula.

JOSÉ MARIA CAIRES
DUPLICA SUDOESTE