fbpx

Como identificar a ansiedade?

Texto: Estela Mares, psicóloga clínica e docente na Faculdade Anhanguera de Vitória da Conquista. Imagem ilustrativa.

A ansiedade é caracterizada por uma resposta natural do corpo diante de situações percebidas como ameaçadoras ou estressantes.

Ela é uma parte inerente à vida humana e pode ser útil em situações em que precisamos de um impulso extra de energia ou atenção para enfrentar um determinado desafio.

No entanto, quando a ansiedade se torna excessiva, persistente e interfere nas atividades diárias, ela pode se tornar um transtorno. 

O transtorno de ansiedade já é uma condição mental caracterizada por preocupação intensa e persistente, medo ou nervosismo excessivo em relação a situações específicas ou atividades do dia a dia.

Pode se manifestar de várias formas, incluindo ataques de pânico, fobias específicas, transtorno de ansiedade generalizada (TAG), transtorno de ansiedade social e transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). 

Esses sintomas variam de pessoa para pessoa, são muito relativos, mas de modo geral, eles se manifestam na forma de preocupação excessiva ou persistente; sensação de nervosismo, agitação ou tensão; irritabilidade; dificuldade em relaxar ou dormir; palpitações cardíacas, sudorese e tremores; respiração rápida ou ofegante; sensação de falta de ar ou sufocamento; tensão muscular; pensamentos negativos recorrentes; e evitação de situações que causam ansiedade. 

Tais comportamentos podem ser prejudiciais, sobretudo nas relações sociais, seja no trabalho, na escola e ou nas atividades diárias.

Vale ressaltar que o transtorno de ansiedade pode afetar pessoas de todas as idades e backgrounds e é uma das condições de saúde mental mais comuns em todo o mundo. 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país com o maior número de pessoas ansiosas do mundo.

Cerca de 18,6 milhões de brasileiros, o que corresponde a 9,3% da população convivendo com o transtorno. 

Caso você esteja lutando contra a ansiedade, é fundamental procurar ajuda de um profissional de saúde mental qualificado, que pode oferecer suporte, orientação e tratamento adequados para ajudá-lo a lidar com seus sintomas e melhorar sua qualidade de vida.

Sobre a Anhanguera    

Fundada em 1994, a Anhanguera faz parte da vida de milhares de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com as necessidades do mercado de trabalho, em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão, presenciais ou a distância. Em 2023, passou a ser a principal marca de ensino superior da Cogna Educação, com o processo de unificação das instituições, visando o conceito lifelong learning, no qual proporciona acesso à educação em todas as fases da jornada do aluno.
A instituição ampliou seu portfólio, disponibilizando novas opções para cursos Livres; preparatórios, com destaque para o Intensivo OAB (Ordem dos Advogados do Brasil); profissionalizantes, nas mais diversas áreas de atuação; EJA (Educação de Jovens e Adultos) e técnicos.
Com grande penetração no Brasil, a Anhanguera está presente em todas as regiões com 112 unidades próprias e 1.398 polos em todo o país. A instituição presta inúmeros serviços à população por meio das Clínicas-Escola, na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Anhanguera tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.  

Acesse o site e o blog para mais informações.   

Assessoria de Imprensa: Deiwerson Damasceno Dos Santos// Vice-Presidência de Crescimento | Relações Públicas