fbpx

Festival de atletismo do jogos estudantis reúne 560 alunos no Lomantão

Texto e imagens: Secom PMVC


A prefeita Sheila Lemos participou do evento e deu a largada da primeira prova de corrida. Ela falou sobre o incentivo do Governo Municipal a iniciativas como os Jogos Estudantis: “A gente entende que o esporte é vida, o esporte é saúde, o esporte faz com que a criança ou o adolescente – ou ainda jovem, adulto ou idoso – tenham mais qualidade de vida e, ainda, formação cidadã, porque, quem pratica esporte, pratica também disciplina, pratica companheirismo, espírito de equipe, pratica solidariedade.”

Prefeita Sheila Lemos

O secretário municipal de Educação, Edgard Larry, reforçou que o esporte tem um papel relevante no processo educacional, não apenas para os alunos, mas para toda a comunidade escolar. “Estamos vendo aqui uma total integração de alunos, professores, servidores, gestores, e isso é muito importante em vários aspectos para a educação, a disciplina, a integração dos nossos alunos da rede municipal, que é extensivo também às nossas comunidades”, disse.

Isaac e Lucca

Aos 13 anos, Lucca Oliveira sonha em ser jogador do Flamengo. Nesta manhã, o estudante da Escola Municipalizada Vilas Boas Moreira mostrou o seu talento na corrida de 100 metros, enquanto alimentava a imaginação. “Eu estou achando demais! Um cara grande, ser convocado pra esses jogos aqui, que vale a pena correr pra escola. E incentiva os estudos. Estuda tudo, o ano inteiro, pra jogar um pouquinho e ver se nós somos convocados pra alguma coisa maior”, disse.

Já o seu colega, Isaac Pereira, de 12 anos, concorreu na modalidade de salto à distância. “Os Jogos Estudantis, pra mim, são muito importantes para os alunos que gostam de fazer esporte. Eu mesmo gosto muito de fazer esportes, então tô achando muito bom”, opinou.

Ágatha

Para Ágatha Rodrigues, aluna de 12 anos da Escola Municipal Lycia Pedral, o espírito competitivo tem que estar preparado para tudo. “A gente tá participando pra progredir cada vez mais. A gente tá aqui pra vencer, porque a gente sabe que chegar aqui não foi fácil. Então, a gente vai tenta lutar pra conseguir ganhar, mas, se perder, a gente pelo menos vai ter a consciência de que a gente tentou chegar até aqui”, disse.