fbpx

Mais que um casarão. Um patrimônio de nossa cidade.

PMVC

Preservar, difundir e valorizar o patrimônio cultural tropeiro da região do Sertão da Ressaca é trabalho contínuo da Ong Carreiro de Tropa, fundada em 2007 a partir de doação de voluntária de material de acervo feita a uma aluna durante graduação no curso de história/UESB no período compreendido entre 1998 e 2004.
De lá para cá, atividades, oficinas educativas, projetos e participação em eventos regionais e nacionais foram o currículo da Catrop que vê no sertão um local construído e transmitido na oralidade, músicas, danças, rezas, enfim pelas práticas que identificam culturalmente o universo sertanejo tendo por base o tropeirismo.
Graças a esse arsenal ético e de resgate humano em todas as ações realizadas no cotidiano de Vitória da Conquista, a Catrop tem conquistado o respeito e a admiração de conquistenses e personalidades políticas da cidade, que vê na instituição o espaço propício para fomentar a discussão e a preservação de espaços públicos de nossa cidade.
Assim, na última sessão da Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, ocorrida dia 11, o vereador Álvaro Pithon (DEM) apresentou uma indicação para o tombamento do histórico Sobrado de Nestor, localizado na Rua Eduardo Dalton, no Bairro Alto Maron. O parlamentar sugere que seja destinada para a sede da Ong Carreiro de Tropa. “Espero que o prefeito seja sensível e faça o tombamento daquele prédio em prol da cultura em nossa cidade”, justificou.
Para a presidente da Catrop, Maris Stella Schiavo, a indicação do vereador é uma soma a maior necessidade da instituição no momento. “A sede da Catrop ainda é um sonho que pretendemos realizar para nossa cidade. Nosso acervo museológico está sendo constituído a partir de imensos desafios individuais e da pequenina equipe que assumiu a Catrop como um compromisso. Contudo, tombar um espaço como o Sobrado de Nestor é, antes de tudo, respeito ao patrimônio e à história da cidade, e dessa forma, só podemos mesmo é apoiá-lo nesta intenção”.
Redes sociais
A campanha de tombamento do referido sobrado já tomou conta das redes sociais. O presidente do Grêmio Estudantil Interação do IFBA/campus Vitória da Conquista e membro/pesquisador da Catrop, Saulo Moreno, convocou a população para apoiar a proposta: “Entendemos e parabenizamos a louvável iniciativa do vereador, mas mesmo não sendo destinada para o fim sugerido, somos favoráveis e defendemos o tombamento do Sobrado, antes de tudo!”.

Outros adeptos à valorização da cultura, postaram na página da Catrop diversos comentários de apoio à indicação. Para a historiadora conquistente Sheyla Viana, atualmente residente no Rio de Janeiro, “essa é, sem dúvida, uma iniciativa louvável e espero que o prefeito seja sensível à necessidade de oferecer um espaço físico a essa entidade que tanto tem feito pelo resgate da história conquistense”.
Participe você também desta campanha: Acesse o facebook (Ong Carreiro de Tropa) e deixe sua mensagem a favor da preservação da cultura material e imaterial de Vitória da Conquista.