PMVC

Memorial do Forró aberto à visitação pública

Quem for à Praça Tancredo Neves já pode conferir de perto as novidades do Memorial do Forró, na Casa Régis Pacheco. O local foi oficialmente aberto à visitação pública na noite desta quarta, 13, mostrando a nova cenografia, referente à edição 2012 do Forró Pé de Serra do Periperi, e apresentações musicais com o coral infantil do Conservatório Municipal de Música de Vitória da Conquista.

Antes do início da apresentação, a estudante de piano Elisabete Bonfim, de 13 anos, aparentava tranquilidade. “Nós ensaiamos bastante. Já fizemos uma apresentação no conservatório, e esta é a segunda”, explicou a aluna, que frequenta o conservatório há três anos. Ela e os colegas cantaram músicas que se tornaram conhecidas na voz de Luiz Gonzaga.

PMVC

No que diz respeito ao memorial e à sua concepção cenográfica, este ano há novidades referentes ao rei do baião, que em 2012 completaria 100 anos. Este ano, Gonzagão é o protagonista da festa, que traz o tema “Lua alumiou na Serra do Periperi”.

Segundo a cenógrafa Victória Vieira, a opção por Luiz Gonzaga foi natural. “O mundo inteiro está homenageando Luiz Gonzaga”, diz. “Ele sempre teve seu lugar dentro do Memorial do Forró, desde o primeiro ano. Mas, este ano, todas as salas recebem o tema. Dividimos por músicas e por várias cenas e passagens da vida dele”.

NOVIDADES – Os visitantes podem ver, na sala principal, uma maquete com o tema “São João na Roça”. De acordo com Victória, esse foi um assunto recorrente na carreira de Luiz Gonzaga: “Ele sempre quis falar do povo sertanejo e dessa festa”. Outro ambiente é o oratório, em que são citados os santos juninos São João, São Pedro e Santo Antônio. Desta vez, foram acrescentadas mais duas figuras: Santa Luzia, por Luiz Gonzaga ter nascido no dia consagrado a ela, e o padre Cícero Romão Batista, que, embora não tenha sido canonizado pela Igreja Católica, é venerado pela população em toda a região nordeste.

Uma das salas ostenta um teatro de marionetes que faz referência à música “Samarica Parteira”, composta por Zé Dantas e imortalizada na voz de Gonzagão. “Foi uma grande interpretação em que ele mostrou uma outra faceta dele, de ator. Ele fazia várias vozes muito bem”, explica Victória.

O Memorial do Forró estará aberto à visitação pública até o dia 24 de junho, data em que também se encerra a programação do Forró Pé de Serra do Periperi.