UESB recebe seus primeiros intercambistas

por Gisele Aguiar e Evelly Freitas

Há algum tempo a Uesb se tornou membro da União de Universidades da América Latina e Caribe (Udual), e com isso, passou a fazer parte do Programa Acadêmico de Mobilidade Internacional, que possibilita a vinda de estudantes estrangeiros para a Universidade, assim como o processo inverso. A Uesb já tem uma aluna do curso de Engenharia de Alimentos no Peru, e agora, recebeu duas estudantes argentinas, que são as primeiras intercambistas da Universidade.

Milena Queiroz e Melisa Fresco são alunas do curso de Ciências da Educação na Universidade Nacional de Cuyo, localizado na província de Mendonza e vão passar um semestre aqui no Brasil. Milena, que pretende cursar matérias nos cursos de Pedagogia, História e Filosofia, revela: “Tenho boas expectativas para finalizar meu curso, por isso vou cursar disciplinas que podem me ajudar a concluir minha monografia e adquirir novas experiências”.

Melisa já esteve no Brasil e se interessou em aprender um novo idioma, além de fazer novas amizades e trabalhar em projetos próprios. “Escolhi vir para a Uesb porque tinha o curso de Direito com um bom conceito e eu espero poder estudar o direito brasileiro fazendo um estudo comparativo com o direito argentino, para aprender melhor sobre essa relação”, ressalta a estudante.

Para Fábio Felix, pró-reitor de extensão da Uesb, “o programa de intercâmbio proporciona ao aluno a oportunidade de vivenciar a experiência da internacionalização também do ensino, da pesquisa e da extensão, conhecendo outros modelos políticos, econômicos e de educação, formulados por outros países latinos”, afirma.

Os alunos interessados em estudar em outro país podem procurar a Pró-reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Proex) para os devidos encaminhamentos. São disponibilizadas bolsas de estudos completas e parciais para garantir a permanência do aluno na instituição durante todo o período de intercâmbio. Confira aqui as universidades que já estão oferecendo vagas.