PMVC

Exercícios de Cidadania: Salvador discute em seminário

Direitos essenciais ao exercício da cidadania
serão discutidos durante seminário integrador

Experiências positivas de luta em prol do direito à saúde e à educação de qualidade serão compartilhadas na próxima semana, nos dias 20 e 21, durante o “III Seminário Integrador – O Ministério Público e os Objetivos do Milênio: Educação, saúde e respeito aos direitos humanos como bases para um desenvolvimento sustentável”. O evento, que objetiva conscientizar o cidadão sobre a importância de garantir educação e saúde de qualidade para todos, acontecerá na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), em Ilhéus, e contará com a participação da adolescente Isadora Faber, uma estudante de 13 anos de idade que criou uma página na internet para relatar os problemas detectados na sua escola. Ela se apresentará em uma entrevista interativa que abordará o aluno como sujeito de direitos e a influência das redes sociais.

PMVC

Também participarão do seminário membros do MP que atuam na área de cidadania, como o promotor de Justiça Clodoaldo Anunciação, que fará uma retrospectiva do programa “MP e os Objetivos do Milênio”, destacando suas perspectivas e principais resultados já alcançados. Atuantes na área de defesa da moralidade administrativa e do patrimônio público, os promotores de Justiça Adriano Assis e Luciano Taques falarão sobre o combate à corrupção como instrumento de garantia dos direitos de saúde e educação de qualidade para todos, e o coordenador do Centro de Apoio Operacional de Defesa da Saúde (Cesau), promotor Rogério Queiroz , abordará o direito à saúde na Bahia e a efetividade do trabalho em parceria. Os direitos humanos das mulheres serão destacados na palestra da coordenadora do Grupo Especial de Defesa da Mulher (Gedem), promotora de Justiça Márcia Teixeira, que fará reflexões sobre a violência de gênero.

Diversos outros especialistas ministrarão palestras no evento que congregará ainda operadores do direito, estudantes, gestores, educadores, profissionais de saúde, ativistas em direitos humanos e conselheiros de controle social.