fbpx

Bahia 1 X 1 ECPP Vitória da Conquista na Fonte Nova

PMVC

Apesar de encarar o Bahia dentro da Nova Arena Fonte Nova, o ECPP de Vitória da Conquista não se intimidou, encarou o adversário de frente e abriu o placar, com Silvio marcando o seu primeiro gol de um time de interior no novo estádio e na competição. Só que o ECPP não suportou a pressão do time da casa e cedeu o empate, ainda no primeiro tempo.

Mesmo contando com a estreia do técnico Joel Santana, que retornou ao clube após um ano longe de Salvador, o Bahia não conseguiu sair de um empate contra o Vitória da Conquista nesta tarde de domingo, na Arena Fonte Nova, em confronto válido pelo Campeonato Baiano. O resultado de 1 x 1, contudo, manteve o tricolor na primeira posição do grupo 1 com seis pontos. E na próxima rodada, dia 21, a equipe do Fazendão vai encarar a Juazeirense, no Adauto Morais.
Gols de bolas paradas marcam primeiro tempo de confronto
Assim como esperado, o equilíbrio marcou os primeiros quarenta e cinco minutos de partida. O Bahia, precisando vencer para continuar isolado na liderança do eu grupo, procurou explorar os laterais para surpreender o Vitória da Conquista. Já o ECPP, bem postado em campo, conseguiu ótimos contra-ataques nesta etapa inicial.
Mas a primeira grande oportunidade do confronto foi o ECPP. Após receber passe dentro da grande área, pelo lado direito, Thiaguinho bateu forte, cruzado, para a ótima defesa de Omar, que salvou o tricolor.
Cheio de dificuldades para chegar à defesa da equipe do interior, o Bahia assustou o Conquista aos 21. Em tabela com Titi na entrada da área, Souza tentou o chute, mas ficou na defesa conquistense.
E com uma ótima organização, a equipe do interior conseguiu abrir o marcador aos 23. O meia Alessandro Azevedo, revelado pelo rival Vitória, cruzou na cabeça do experiente zagueiro Sílvio, que testou firme, no cantinho de Omar. O goleiro tricolor ainda tentou pegar, mas não teve chances.
Precisando de um empate, a equipe comandada por Joel Santana estufou as redes adversárias aos 32, também em uma jogada de bola parada. Após cobrança de escanteio, o centroavante Obina cabeceou no canto esquerdo do goleiro Alex.Pressão tricolor e ótima defesa do Bode são os destaques da etapa final
Antes de completar o primeiro minuto da etapa final, o Bahia, que retornou ao gramado com Toró no lugar de Neto, foi logo tomando um susto. Em rápido contra-ataque, Cacá tocou para Raul, na intermediária, que chegou batendo com força, tirando tinta da trave de Omar.
Um minuto depois, o Bode apareceu com perigo novamente. Cacá, desta vez como finalizador, apareceu livre dentro da grande área e soltou a bomba, mas errando a direção do chute. Omar só observou a bola.
A resposta tricolor chegou aos quatro minutos. Depois de uma confusão no meio da área, a bola ficou nos pés de Souza, que chutou em cima de Obina, perdendo uma grande chance de virar o confronto.
Aos 11, a equipe comandada por Joel Santana teve a melhor oportunidade, até então, do segundo tempo. Com grande assistência, Obina achou Hélder que, mesmo de cara com o gol, isolou a bola.
Melhor em campo, o tricolor ficou perto do segundo aos 24. Desta vez, Hélder colocou Obina de cara com o goleiro conquistense, mas o centroavante tricolor colocou a bola nas arquibancadas.
Pressionando o adversário, o Bahia voltou ao ataque de forma perigosa aos 28. Paulo Rosales levantou na área e a bola sobrou na cabeça de Zé Roberto, que testou firme, para a ótima defesa de Alex. Na sobra, Júnior Gaúcho conseguiu tirar em cima da linha, salvando o Bode.E antes de terminar o duelo, o tricolor teve outra grande chance. Obina recebeu passe dentro da área e, sozinho, foi interceptado por Alex, que afastou o perigo.FICHA TÉCNICA

Campeonato Baiano – 5ª rodada
Bahia 1 x 1 Vitória da Conquista
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data: 14/04/2013
Árbitro: Árbitro: Jailson Macêdo de Freitas (CBF/BA).
Auxiliares: Dijalma Silva Ferreira Junior (BA) e Alberto Tavares Neto (BA).
Gols: Sílvio (Conquista) / Obina (Bahia)
Bahia: Omar; Neto (Toró), Danny Morais, Titi, Magal; Fahel, Diones, Hélder; Paulo Rosales (Adriano Michael Jackson); Obina e Souza (Zé Roberto). Técnico: Joel Santana.
Vitória da Conquista: Alex; Mica, Heverton, Silvio e Raul; Júnior Gaúcho, Edimar, Alessandro Azevedo (Renilton) e Tiaguinho (Dunga); Carlos Alberto (Roni) e Cacá.Técnico: Bira Veiga.

Patrocínios na camisa do ECPP para partida contra o Bahia

patrocinioO jogo entre Bahia e Vitória da Conquista neste domingo na Arena Fonte Nova, pela quinta rodada da segunda fase do Campeonato Baiano, o ECPP contou com a importante contribuição de diversas marcas para esta partida. A camisa alviverde estampou as marcas da Zab, Ortoderm, CRJEngenharia, Naturágua, Valverde, Salutaris, Banco do Povo e Nippo.

Além disso, o nosso agradecimento às empresas que já fazem parte deste time que acredita no potencial do alviverde, representante de nossa cidade em competições estaduais e nacionais: Salutaris, Valverde, Banco do Povo, Center Bike, Tommacon, Kep, Comveima, Diamantina, Hotel Central, Melhor Preço, Viação Vitória, Norte Minas, Câmara de Vereadores, Madeireira Aliança, Frutty Vale, Academia Fama e Atacadão Curitiba.