fbpx

Equipe do Projeto Conquista realiza intercâmbio em Cuba

PMVC

Com objetivo de dar continuidade às atividades do “Projeto Conquista: Cooperação Brasil Cuba para Controle do Câncer a partir da Atenção Primária”, uma comitiva formada pela subsecretária de Saúde de Vitória da Conquista, Karine Brito, pela coordenadora da Fundação Estatal de Saúde da Família, Ticiana Hupsel, e pelo vice-diretor da Fesf-SUS, José Santana, esteve em Cuba.

Durante a visita, a comitiva apresentou o projeto de cooperação na 8a Oficina Nacional de Controle de Câncer, que aconteceu na capital Havana. Esta foi uma oportunidade para os representantes brasileiros conhecerem o perfil epidemiológico do câncer e as ações de combate a essa doença, desenvolvidas em todas as províncias de Cuba.

No segundo momento, a comitiva visitou Villa Clara, que é a representante de Cuba na cooperação binacional. Em Villa Clara, a equipe brasileira conheceu de perto como acontece o tratamento de câncer naquela localidade.

Equipe Villa Clara

“Nós visitamos consultório médico de família, policlínicas de atenção especializada e hospitais, fizemos reuniões de trabalho e definimos as bases da cooperação que nos darão a oportunidade de experimentar aqui no Brasil o que já vem sendo feito em Cuba, que é controle do câncer na Atenção Primária”, comentou Karine Brito.

A coordenadora do Grupo Programa de La Sección Independiente de Control del Cáncer, Gilsela Abreu, considerou a visita muito produtiva e importante para os próximos passos do projeto em Vitória da Conquista e em Villa Clara. “Considero que avançamos muito, conseguimos definir tarefas. Estou muito feliz com isso”, comentou Gisella.

O projeto – Vitória da Conquista foi o município escolhido para representar o país nesse projeto-piloto Cooperação Brasil-Cuba para o Controle do Câncer. O Projeto Interdisciplinar e Social de Cuidado e Controle do Câncer está entre as 300 ações que fazem parte do termo de cooperação técnica entre Brasil e Cuba. A proposta de prevenção do câncer na Atenção Básica tem por objetivo principal trazer novas perspectivas para o controle do câncer.

A mesma proposta será implantada na cidade de Vila Clara, em Cuba, onde será realizado um intercâmbio, entre os dois países, de protocolos clínicos e abordagens do câncer.