fbpx

Copa do Nordeste: ECPP 2 x 2 CSA

PMVC

Mesmo fazendo uma partida convincente onde perdeu várias oportunidades de gols e foi prejudicado em três lances onde arbitragem deixou de marcar pênalti, o Vitória da Conquista empatou com CSA-AL, pelo placar de dois a dois, na noite desta quarta, 22, no estádio Lomanto Junior, pela segunda rodada da Copa do Nordeste.

Precisando vencer para se recuperar da derrota na estréia, o ECPP atacando o Azulão e aos dez minutos, Rafael da Granja cobrou falta e mandou no ângulo do goleiro Pantera abrindo placar. Um minuto depois Candinho invadiu a área e foi derrubado pelo zagueiro, mas o juiz mandou a jogada seguir. O Alviverde ainda perdeu mais duas oportunidades com o zagueiro Silvio e o atacante Tatu.

Na segunda etapa o time conquistense foi surpreendido logo aos dois minutos, quando Daniel cobrou escanteio e na confusão na área, o zagueiro Breno empatou para o CSA. Seis minutos depois foi à vez do atacante Diego Clementino receber dentro da área e fazer o segundo.

Porém, aos vinte, Sílvio cruzou e Rafael da Granja escorou de cabeça empatando a partida para o Alviverde. O Vitória da Conquista poderia ter saído com três pontos se o árbitro tivesse marcado pênalti em um puxão do zagueiro Breno no atacante Tatu e depois quando o zagueiro colocou a mão na bola dentro da área.

O ECPP atuou com: Alex (Neto), Lorran (Mota), Sílvio, Junior Gaucho e Tiaguinho, Edimar, Ramires, Rafael da Granja, Carlinhos, Tatu e Candinho (Wander).

O Vitória da Conquista volta a campo contra o Bahia, no próximo sábado (25), 18h30, na Arena Fonte Nova.