Candidato ao Senado em Alagoas dá tapa na cara de eleitora

Coronel Brito (PEN) é preso após agredir mulher em votação

Candidato ao Senado pelo estado de Alagoas, Coronel Brito (PEN) teve a prisão determinada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AL) após a divulgação de um vídeo (reprodução do YouTube abaixo) onde ele aparece agredindo com tapas e cotoveladas uma eleitora na seção eleitoral na Escola de Ensino Fundamental Padre Pinho, no bairro da Cruz das Almas, em Maceió, capital do estado.

A assessoria de comunicação do TRE confirmou que a determinação para prender Coronel Brito partiu da presidente do Tribunal, a desembargadora Elisabeth Carvalho Nascimento. De acordo com testemunhas, o candidato chegou ao local acompanhado de seguranças e assessores e “furou” a fila. Ao ser questionado pela eleitora Marta Celeste de Oliveira, de 39 anos, Brito a agrediu.

Por meio de nota à imprensa, a Polícia Militar informou que já tomou conhecimento dos fatos e que tomará as medidas cabíveis. A PM disse ainda que vai instaurar um procedimento administrativo para apurar se houve omissão por parte dos militares que presenciaram a agressão.

 

A mulher que levou a bofetada no rosto, é médica e falou agora à noite sobre o que fato aconteceu:


http://tnh1.ne10.uol.com.br/noticia/eleicoes-2014/2014/10/05/309716/medica-agredida-por-candidato-ao-senado-fala-sobre-confusao