fbpx

Definida fórmula do Baianão 2015

PMVC

 

3119

A Federação Bahiana de Futebol – FBF reuniu os clubes que disputarão o Baianão da 1a Divisão 2015 para a primeira Reunião do Conselho Técnico da competição. As agremiações participantes e a diretoria da FBF definiram os últimos detalhes e aprovaram a fórmula de disputa do Estadual.

A principal novidade para o próximo ano é a adequação do Campeonato ao calendário da CBF, que disponibilizou 12 datas para os estaduais. Com isso, o Baianão, que será disputado entre 1º de fevereiro e 3 de maio, terá uma fórmula diferente da utilizada nos anos de 2013 e 2014.
As novidades, como sistemas de disputa e rebaixamento, além das definições das vagas para Copa do Nordeste e Copa do Brasil de 2016 e Série D do Brasileirão 2015 podem ser conferidos a seguir.

A Fórmula – Aprovada por 64 votos a 14, que representa dez clubes contra dois, a fórmula do Baianão 2015 terá a 1ª Fase disputada por 12 clubes. Bahia, Vitória, Vitória da Conquista, Feirense, Serrano, Bahia de Feira, Juazeirense, Jacuipense, Galícia, Catuense, Colo-Colo e Jacobina ficarão divididos em dois grupos (1 e 2).
Aí, já vem a primeira novidade. Nesta edição, os grupos serão sorteados apenas na festa de lançamento da competição, que acontecerá até o final deste mês. Para o sorteio, será observado o equilíbrio técnico, como por exemplo, Bahia e Vitória em grupos distintos.

Nesta fase, o sistema de disputa será grupo contra grupo, com apenas jogos de ida. A segunda novidade será a classificação para a 2ª fase. Para não ocorrer injustiça com os clubes que marquem mais pontos, avançarão para as quartas de final os oito melhores colocados na classificação geral, com a junção dos dois grupos. Assim, um clube poderá ter mais classificados do que o outro, mas sempre obedecendo à regra das melhores campanhas.

Na 2ª Fase, de quartas de final, os oito clubes classificados serão divididos em quatro grupos (3, 4, 5 e 6) de dois. Os duelos, já em jogos de ida e volta, serão entre o 1º x 8º, 2º x 7º, 3º x 6º e 4º x 5º.

Os vencedores seguirão para a 3ª fase, de semifinal. Novamente em jogos de ida e volta, os ganhadores farão a final da competição, também em dois confrontos. Os finalistas já estarão automaticamente classificados para as Copas do Nordeste e do Brasil.
Já os perdedores disputarão o 3º lugar, que trará outra novidade. O vencedor terá a opção de escolher se ficará com a vaga na Série D ou na Copa do Nordeste, já que a terceira vaga da Bahia na Copa do Brasil será do campeão da Copa Governador do Estado. Mas, não para por aí. O perdedor, 4º colocado, ficará com a vaga na competição que o 3º colocado não escolher. Portanto, se o 3º colocado optar pela Copa do Nordeste, o 4º fica com a vaga na Série D e vice versa, o que garante que os quatro melhores do Baianão sejam premiados com participações em competições nacionais.

Rebaixamento – Mais uma novidade da próxima temporada diz respeito ao rebaixamento para a 2ª Divisão. Diferente de 2014, quando os rebaixados foram os dois últimos colocados da 1ª fase, o descenso será definido em dois confrontos de ida e volta. Os quatro piores da 1ª fase, que não se classificarão para as quartas de final, disputarão o rebaixamento em duelos entre 9º x 12º e 10º x 11º. Os perdedores disputarão a 2ª Divisão de 2016.
BAVI – Diferente dos últimos anos, em 2015 o Baianão terá apenas um BAVI na 1ª Fase, por se tratar de sistema de apenas jogos de ida. Com isso, a FBF inovou mais uma vez. Durante a festa de lançamento do campeonato, além do sorteio dos grupos, será sorteado o local do clássico. Para o ano de 2016, quando será repetida a fórmula, o local do duelo entre rubro-negros e tricolores se inverterá, sem a necessidade de novo sorteio.
Datas – Mais uma novidade é em relação às datas. Com a disponibilização de apenas 12 datas para os estaduais no calendário da CBF e com a Copa do Nordeste realizada sempre às quartas-feiras, o Baianão terá 99% dos seus jogos realizados aos domingos, um fato inédito. A única exceção é o dia 25 de fevereiro, uma quarta-feira, que será utilizada em detrimento ao 14 de fevereiro, também disponibilizado pela entidade nacional, mas por se tratar de um sábado de Carnaval, em Salvador, a FBF foi autorizada pela CBF a não programar jogos.

Gramados – No Baianão 2015, a Federação Bahiana de Futebol (FBF) não aceitará e não permitirá mais gramados em estados críticos, que prejudiquem o bom futebol e coloquem os atletas em perigo, com riscos de lesões. Os clubes que não apresentarem estádio em boas condições serão obrigados a mudar de mando de campo, independente da distância para suas casas.

Fonte: FBF