Prefeitura de Itacaré cria Gabinete de Crise para combater avanço do Covid

Texto e imagem: Ed Camargo.

O grande número de casos de coronavírus em todo o Brasil, em especial na Bahia, a lotação dos leitos nas Unidades de Terapia Intensiva na região e a necessidade do enfrentamento a pandemia da Covid-19 tem levado os municípios a desenvolverem soluções rápidas e efetivas para combater a doença de forma mais firme para diminuir as mortes e mitigar os demais problemas decorrentes da crise sanitária.

Foi pensando nesse enfrentamento da pandemia e nas novas medidas que vêm sendo adotadas que o prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, criou o Gabinete de Crise, que é uma estrutura formada por secretarias municipais e a comunidade, criadas para enfrentar crises de forma emergencial e integradas, como é o caso da pandemia do Covid-19. E o trabalho já começou com uma série de ações que serão adotadas de imediato no município.

Em Itacaré o Gabinete de Crise é formado pelas secretarias de Saúde, Governo, Procuradoria Jurídica, Desenvolvimento Social, Planejamento, Administração e Meio Ambiente e vários outros setores. A proposta, segundo adiantou o presidente do Gabinete, o secretário de Saúde Ricardo Lins, é envolver os mais diversos poderes, seja o Executivo, o Legislativo e o Judiciário e, principalmente, a comunidade que passa a ter um importante papel no combate à pandemia. O Gabinete ficará responsável pela adoção de medidas, discussão com a população, formulação de decretos e ações a serem desenvolvidas no combate ao coronavírus.

A proposta, segundo ressaltou o prefeito Antônio de Anízio, é garantir a agilidade para tomada de decisão e coordenação das equipes envolvidas nesse trabalho de controle da doença, além de manter a comunidade informada sobre todas essas medidas.  O grupo fará todo o trabalho preventivo, com atendimentos, estatísticas e discutir com todos os segmentos as ações que serão desenvolvidas. Com base nos resultados apresentados, o prefeito manterá a população informada sobre o quadro existente na cidade e quais os próximos passos a serem tomados para que o vírus não avance na cidade.