Doações para auxilio a desabrigados podem ser entregues em 8 pontos

Para assistir as famílias desabrigadas em Vitória da Conquista, a população tem se mobilizado numa campanha de donativos organizada pela Prefeitura Municipal. Roupas para adultos e crianças, roupas de cama, toalhas de banho, alimentos não-perecíveis, água mineral e materiais de higiene são recebidos em oito pontos de arrecadação espalhados pela cidade.

Aldeir Bomfim doa e faz mobilização nas redes sociais

Em um desses pontos, na Escola Municipal Mário Batista, no bairro Urbis I, o universitário Aldeir Bomfim doou alimentos. “Sou de fora, mas moro aqui e a gente se sensibiliza também e está compartilhando nas redes sociais, juntamente com a prefeitura, os pontos de arrecadação para mobilizar a população e ajudar todo mundo que está nesta situação difícil”, comentou Aldeir que é de Nova Canaã e estuda Economia em Conquista.

E mesmo se alguém não puder se dirigir até os locais de arrecadação, as pessoas podem participar desta campanha de solidariedade. Basta ligar para o número 156 ou 3429-7375, que o Simtrans busca a doação.

Nos equipamentos públicos (escola, creche, secretaria e ginásio), os servidores municipais trabalham durante todo o dia para receber as doações. O ponto de arrecadação no Colégio Paulo VI abre amanhã (27). Hoje, os donativos podem ser deixados no Seminário Nossa Senhora de Fátima. Já na Comunidade Videira, uma equipe recebeu as doações nesta manhã e continua a receber a partir das 18h. Lá, durante a semana, o ponto de arrecadação funciona das 14h às 18h.

Mário Batista
Câmara Municipal
Heleusa Câmara
Videira
CAIC
SESEP
Raul Ferraz

Veja todos os pontos de arrecadação: Escola Municipal Mário Batista (Urbis I), na Zona Leste; Caic – Centro Municipal Paulo Freire (Urbis IV) e Colégio Paulo VI, na Zona Oeste; Secretaria de Serviços Públicos (Ceasa), Câmara de Vereadores e Ginásio de Esporte Raul Ferraz, no Centro; Creche Municipal Heleusa Câmara (Morada Real) e Comunidade Videira, na Av. Filipinas, próximo ao Hospital de Base, na Zona Sul. Texto e imagens: Secom PMVC.