PMVC

Desfile de 7 de Setembro vai ter como tema os distritos que formam Vitória da Conquista

A apresentação foi no gabinete da prefeita

PMVC

O projeto do próximo desfile de 7 de Setembro foi apresentado à prefeita Sheila Lemos, em reunião no gabinete. nesta terça-feira (28), pela equipe da Secretaria Municipal de Educação (Smed), tendo à frente o secretário Edgard Larry. O tema do evento é “Distritos Conquistenses: Contribuições e Valores para o Sertão da Ressaca”. O desfile voltará a acontecer depois de dois anos, em razão da pandemia.

A prefeita Sheila Lemos apreciou o que viu. “Será um desfile com um tema muito importante para o nosso município, que é a contribuição dos nossos distritos na formação da nossa Vitória da Conquista. Tenho certeza de que a população vai gostar muito do que será apresentado no nosso Sete de Setembro. Inclusive, será a data em que se comemora os 200 anos da nossa independência”, lembrou a gestora.

De acordo com o projeto, serão mobilizados cerca de 1.300 alunos da Rede Municipal de Ensino, distribuídos por 13 alas: a primeira, tendo como tema os 200 anos da independência política do Brasil, e as 12 seguintes, cada uma dedicada a mostrar elementos históricos e culturais de cada distrito conquistense (incluindo o distrito-sede).

Por exemplo, na ala representativa de Cercadinho (nos primórdios do município, ainda conhecido como “Gerais”), distrito situado a mais de 80 km da cidade de Vitória da Conquista, os componentes levarão a seguinte frase: “Cercadinho é minha terra natal e nela desejo morrer, deixo essa história escrita pra quem ouvir conhecer…”.

Trata-se de uma frase de autoria da escritora Ana Gomes da Silva, uma das moradoras mais antigas do lugar – que, por sinal, será homenageada durante o desfile. A frase consta de um cordel escrito por dona Ana, cujo conteúdo será apresentado ao público por alunos da Escola Municipal Rui Barbosa, elencando os seguintes tópicos: brejo, garimpo, pó de palha, alambique, chafariz, escola e atualidade.

Sheila Lemos e o secretário Chefe do Gabinete Civil elogiaram a proposta

Entre as homenagens a personagens locais, além da escritora Ana, deverão aparecer menções a históricas figuras como os professores pioneiros Pedro Mestre, seu Santim, Miguilim e dona Deja. Em seguida, aparecem alunos empunhando placas que formam o mapa dos distritos, e ainda um trator com as bandeiras do Brasil e de Vitória da Conquista.

Resgate e valorização histórica

Equipe da Smed explicam a logística do desfile da independência deste ano

Todas as alas serão estruturadas de acordo com essa lógica, trazendo uma realidade bem conhecida dos moradores locais e trazendo informações didáticas para o público que vai acompanhar o desfile. “Trata-se de um resgate e da valorização histórica, cultural, da própria história do município, da economia, da educação e dos valores oriundos dos diversos distritos de nossa rica Vitória da Conquista e do nosso Sertão da Ressaca”, explicou o secretário Edgard Larry.